sábado, 30 de novembro de 2019

Cor da urina pode revelar muito sobre sua saúde; Saiba a ideal e tire suas dúvidas, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!


Cor da urina pode revelar muito sobre sua saúde; Saiba a ideal e tire suas dúvidas, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!



Para perceber a importância da cor da urina é necessário entender primeiro o que é e como ganha cor. A urina é um subproduto do corpo, formado nos rins, que transporta os produtos residuais do funcionamento do metabolismo para serem eliminados. É composta em cerca de 95% por água. Os restantes 5% são formados por ureia, algumas toxinas, sais minerais e bilirrubina, uma substância encontrada na bílis e responsável pela cor amarelada da urina.

O que diz a cor da urina
O tom normal é amarelo claro e límpido. Mas, em certas condições, o espectro de cor da urina poderá variar entre vários tons castanho, alaranjado, esverdeado ou vermelho. Estas diferenças podem ter causas tão diversas como ingestão de medicamentos e alimentos, ou ser um indicador de doença.



Amarelo| Não havendo outros sintomas, a maioria das variações de cor da urina dentro dos tons de amarelo está relacionada com a quantidade de água ingerida. Amarelo escuro indica uma elevada concentração de resíduos, o que sugere que deverá aumentar-se a ingestão de água.


Vermelho| Esta é a única cor de urina que a Associação Europeia de Urologia inclui no guia de principais sinais e sintomas de doenças. A coloração vermelha é um possível indicador da presença de sangue na urina (chamada hematúria). Pode resultar de situações tão diferentes como uma infeção urinária, cálculos renais (pedras nos rins) ou alguns tipos de cancro. Também pode resultar simplesmente da ingestão de alguns alimentos (por exemplo, beterraba). No entanto, deve ser sempre investigada por um médico, pois pode permitir o diagnóstico precoce de doenças graves.



Durante o período menstrual, a mulher pode ver a urina rosada, como resultado da contaminação pela menstruação. Esta situação não deve confundir-se com um quadro de hematúria. Assim, se for fazer uma análise de urina nesta altura – por exemplo para pesquisar uma eventual infeção urinária – deve avisar o médico de que está menstruada.

Veja abaixo os nove tons diferentes que a urina pode assumir e saiba o seu significado.


Urina com cheiro forte, o que pode ser?


Além da cor, também o cheiro da urina pode indicar alterações no organismo. O odor da urina advém da presença ureia, um composto produzido essencialmente pelo fígado, em resultado da digestão. A ureia é o principal subproduto do metabolismo das proteínas. Há uma relação direta entre a concentração de ureia e o cheiro da urina: quanto mais ureia, mais intenso será. O odor muito intenso, particularmente fétido, também pode indicar infeção urinária, mesmo na ausência de outros sintomas tipicamente associados. E, tal como sucede em relação à cor, pode estar associado à falta de ingestão água. Por norma, a urina com odor forte tem um tom amarelo escuro, sugerindo a necessidade de beber mais água. Sabe quanta água deve beber diariamente?


Tome nota
A cor turva ou amarelo escuro da urina associada à falta de ingestão água não é invulgar em quem sofre de bexiga hiperativa. Isto ocorre na tentativa de evitar as idas à casa-de-banho, mas o efeito pode ser pior, já que pequenas quantidades de urina concentrada podem irritar a bexiga. Veja os alimentos e bebidas que pode evitar neste caso.

Do site Começe Hoje





Nenhum comentário: