segunda-feira, 16 de março de 2020

Menina foi abusada e mantida por 17 horas na casa do suspeito, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!


Menina foi abusada e mantida por 17 horas na casa do suspeito, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!



O delegado que cuida do caso vai pedir para que a prisão temporária se torne preventiva

Um homem, de 43 anos, confessou ter abusado de uma menina de 9 anos, em Duque de Caxias, Rio de Janeiro, no último domingo (8/3). O auxiliar de serviços geral Ricardo Ferreira Rabello manteve a criança em sua casa por 17 horas. O delegado Uriel Alcântara, da 60ª DP, que cuida do caso, afirmou que pedirá a conversão da prisão temporária em preventiva dele. As informações são do jornal Extra.




“A prisão temporária foi expedida para que algumas diligências complementares essenciais sejam feitas para completar instrução do inquérito policial. Com a conclusão do inquérito, ele será encaminhado para Justiça com a representação pela decretação da prisão preventiva”, Alcântra.

À Polícia Civil, o auxiliar de serviços gerais informou que viu em sua televisão de 14 polegadas a notícia de que a menina estava sendo procurada. Após 17 horas, ele decidiu libertá-la em um matagal, próximo a uma rodovia da cidade. Ricardo teria ameaçado a criança para que não contasse sobre o abuso.





Vizinhos de Ricardo afirmaram à equipe de investigação que não ouviram nenhum barulho esquisito enquanto a criança estava na casa dele. Ricardo ainda é investigado em outro inquérito que apura o estupro de outra criança.

Policiais chegaram até Ricardo após analisaram imagens de câmeras de segurança de 25 pontos diferentes na mesma região. Os vídeos mostram Ricardo levando a menina em sua bicicleta até a casa. Os agentes, então, conseguiram identificar o trajeto feito.

(*Metropoles)



Nenhum comentário: