domingo, 21 de junho de 2020

Após terceiro dia, a maioria dos infectados por Covid-19 sente esse sintoma, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!


Após terceiro dia, a maioria dos infectados por Covid-19 sente esse sintoma, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!
Foto / reprodução




Da Revista Galileu - Cientistas da Universidade de Cincinnati, nos Estados Unidos, descobriram que a perda de olfato — um dos sintomas da Covid-19 — geralmente ocorre no terceiro dia de infecção e pode ser acompanhado da perda do paladar. Outros sinais associados também são febre, falta de ar, tosse e dor de cabeça.


O estudo, publicado na revista acadêmica Otolaryngology-Head and Neck Surgery, analisou os sintomas de 103 pacientes que foram diagnosticados com Covid-19 durante um período de seis semanas em um hospital sueco. Eles foram solicitados a descrever por quantos dias e quais sintomas apareceram.






O resultado mostrou que pelo menos 61% dos participantes relataram redução ou perda do olfato, tendo início no terceiro dia de contaminação. "Também descobrimos neste estudo que a gravidade da perda do olfato está correlacionada com a gravidade dos outros sintomas de Covid-19", afirmou, em nota, o pesquisador Ahmad Sedaghat. "Se a anosmia, também conhecida como perda de olfato, for pior, os pacientes relataram pior falta de ar, além de febre e tosse mais severas".


Segundo o cientista, a relação entre a diminuição da capacidade olfativa e a doença é algo a ser observado, já que é possível detectar o estágio da doença e como poderá ser realizado o tratamento. "Se alguém tcom Covid-19 tem um olfato diminuído, sabemos que é a primeira semana da infecção e há ainda mais uma ou duas semanas para o tratamento", explica.




Outra descoberta da pesquisa é que a probabilidade de perda olfativa é maior em jovens e mulheres. Além disso, cerca de 50% dos pacientes do estudo apresentaram nariz entupido e 35% tiveram coriza. Isso é interessante pois estudos anteriores disseram que esses sintomas são raros em quadros de Covid-19.


"Significa que uma maior conscientização é necessária quanto aos sintomas nasais de Covid-19, para que as pessoas não espirrem em público", ressalta Sedaghat. "Pode muito bem ser Covid-19 e usar máscara para proteger aqueles ao seu redor é uma boa ideia."

Claro que ninguém vai morrer por não conseguir sentir o cheiro da comida, por exemplo. "Mas isso é importante porque nos ajuda a identificar pacientes assintomáticos para que eles não disseminem a doença", afirma a pesquisadora. 

Identificar os sintomas iniciais também é importante para que os pacientes possam ser tratados com mais eficácia. "Assim é possível iniciar o tratamento com medicamentos antivirais e, finalmente, maximizar nossa capacidade e efetivamente tratar essas pessoas", conclui.




Nenhum comentário: