quarta-feira, 15 de julho de 2020

Testemunhas contaram que homem matou mulher por ciúmes e falou que ia 'atrás do amante', diz delegada, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!


Testemunhas contaram que homem matou mulher por ciúmes e falou que ia 'atrás do amante', diz delegada, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!
Foto / reprodução




Thayane, mulher de Gilton Santos Pinto, foi achada estrangulada em casa. Ele foi preso no hospital após acidente com outros 3 carros. Em vídeo, pediu 'mil desculpas', sem explicar o motivo.

Do G1 - Uma testemunha disse em depoimento à polícia que Gilton Santos Pinto matou por ciúmes a arquiteta Thayane Nunes da Silva, encontrada sem vida nesta quinta-feira (2) em seu apartamento em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. As informações são da delegada Bianca Gebara, da Delegacia de Homicídios da Capital.






"Parentes que estavam na residência do casal presenciaram discussões por motivos de ciúmes e ela pedindo socorro, presa dentro... trancada dentro de um cômodo. Nesse momento, ele abriu a porta e eles viram ela já caída ao solo, já sem vida. E uma das testemunhas pela janela tinha presenciado ele cometendo uma esganadura, que foi quando ele apertou o pescoço com as mãos e morreu por asfixia", disse a delegada.

"Nesse momento ele falou o motivo - foi por ciúme - e nesse momento ele falou: eu vou atrás do amante da minha companheira", acrescentou.





Imagens reproduzidas em redes sociais mostram a cena do acidente que hospitalizou GIlton Santos Pinto. O acidente envolvendo quatro veículos ocorreu na BR-101. Gilton foi preso no hospital.

Gilton postou nas redes sociais um vídeo em que pede “mil desculpas pelo que aconteceu” — mas não disse pelo quê. O vídeo foi apagado na sequência.


"Gente, eu estou aqui pedindo mil desculpas pelo que aconteceu hoje, para depois não me julgarem, julgarem os meus familiares. Porque a vida, é, ninguém sabe o que se passa com um casal", afirma Gilton no vídeo.

De acordo com a Polícia Militar, o casal brigou em um quarto do apartamento e os vizinhos ouviram a discussão. Quando os policiais chegaram ao condomínio, o marido teria fugido e Thayane já estava morta. Ela foi estrangulada.


Thayane tinha mais de 40 mil seguidores e mostrava para eles uma rotina de casal apaixonado com o marido. Ela também exibia viagens e outra paixão: os exercícios físicos. Gilton postava frases de amor e sempre aparecia com a mulher.



Nenhum comentário: