sábado, 29 de agosto de 2020

Homem mata ex-namorada e mãe dela a facadas no Recife confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com



Homem mata ex-namorada e mãe dela a facadas no Recife confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com
O homem queimou a moto de Talita, o carro, os móveis e ainda tentou cortar a mangueira do botijão de gás - Foto: Bruno Campos/Jc Imagem

O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira no bairro do Fundão, Zona Norte do Recife; O suspeito do crime não aceitou o fim do relacionamento com a vítima


A polícia está investigando um duplo feminicídio que aconteceu na rua Córrego João Carvoeiro, no bairro do Fundão, na Zona Norte do Recife. As vítimas foram Talita Rebeca de Moraes Ribeiro, 32 anos, que era vigilante, e sua mãe, Rosane de Moraes Ribeiro, de 54 anos. De acordo com informações da polícia, o suspeito de ter cometido o crime é Giovani da Silva Pires, 28. Ele foi namorado de Talita por cerca de dois meses e, há uma semana, tinha terminado o relacionamento. Segundo os vizinhos, o criminoso não aceitou o fim da relação.

Na madrugada desta sexta-feira (28), Giovani teria entrado na casa da mãe e da filha pelo telhado, por volta das 2h. Ele desferiu vários golpes de faca nas duas mulheres. Ambas estavam dormindo e foram surpreendidas pelo homem.
Segundo o perito que está fazendo o trabalho dentro da casa, os golpes foram na cabeça e no rosto de Talita e Rosane.

A casa se encontra bastante revirada. O homem tentou atear fogo dentro do local. Ele queimou a moto de Talita, o carro, os móveis e ainda tentou cortar a mangueira do botijão de gás.Vizinhos foram surpreendidos durante a noite com os gritos e pedidos de socorro. Foi quando o 10º Batalhão da Polícia Militar foi acionado. O homem está internado no Hospital da Restauração, no centro do Recife. Ele está com ferimentos no pescoço.

A perícia ainda está trabalhando na casa onde o crime aconteceu. A polícia continua no local e moradores das redondezas também. Os dois corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) do Recife.


Um comentário:

Artur disse...

Maldito sistema legislativo, não há a pena de morte nesses país.