terça-feira, 25 de agosto de 2020

PEDÓFILO ESTUPRA E MATA MENINA DE 9 ANOS APÓS SER LIBERADO DA PRISÃO, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!


PEDÓFILO ESTUPRA E MATA MENINA DE 9 ANOS APÓS SER LIBERADO DA PRISÃO, confira aqui! |Últimas Notícias do Brasil!




Segundo a mãe de Liza, Elena Kiselyova, sua filha era apenas uma garotinha quando foi brutalmente assassinada e estuprada


Um pedófilo de 35 anos estuprou e matou uma menina de nove logo após ser libertado da prisão em Saratov, na Rússia. Mikhail Tuvatin foi acusado de agarrar Liza Kiselyova no momento em que a criança caminhava para a escola.

De acordo com o jornal The Mirror, o pedófilo arrastou Liza para uma garagem abandonada, onde a estuprou e em seguida a estrangulou com um arame.

Após cometer o crime, Mikhail Tuvatin foi condenado à prisão perpétua por estuprar e matar a menina de nove anos.

No momento de sua prisão, uma multidão de 200 pessoas tentou linchar o agressor, e policiais usaram gás lacrimogêneo para dispensar a população enfurecida, que também chegou a cercar a delegacia onde o indivíduo estava.


Outros crimes
No julgamento de Mikhail Tuvatin, detalhes de outros crimes foram revelados. Conforme o The Mirror, antes de cometer o crime brutal o indivíduo estava preso há um ano por cometer um grave ataque sexual contra uma menina de 12 anos. Entretanto, Mikhail acabou liberado para responder ao crime em liberdade.


Após a liberdade, o homem ainda estuprou e roubou uma mulher de 23 anos, e voltou para a cadeia para responder a uma sentença de seis anos, do qual novamente foi solto.

De acordo com o investigador Roman Graf, a prisão perpétua é a única solução.

“Ele também tem condenações por roubo. É um maníaco levado a cometer crimes hediondos por motivos sexuais. A prisão perpétua era a única opção”.

Após ser condenado à prisão perpétua, moradores da Rússia fizeram apelos para que o país restaurasse a pena de morte.

Segundo a mãe de Liza, Elena Kiselyova, sua filha era apenas uma garotinha quando foi brutalmente assassinada e estuprada.


“Todos os nossos sonhos e planos ruíram em um único momento. Nossa vida virou de cabeça para baixo. Nossa tristeza é incomparável a qualquer coisa. Daríamos tudo no mundo para ver Liza viva, mesmo que por um momento”.

Além disso, a mãe da vítima ressaltou que Mikhail Tuvatin não pode nem ser considerado humano.

“Todas as crianças correm perigo enquanto tais indivíduos existirem. Essas pessoas não deveriam estar em uma sociedade”, concluiu aflita a mãe de Liza.

fonte: Ric Mais

Nenhum comentário: