quinta-feira, 27 de agosto de 2020

Vídeo: PM que deu tapa na cara de mulher em bar é afastado das ruas no DF, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com



Vídeo: PM que deu tapa na cara de mulher em bar é afastado das ruas no DF, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com
Mulher é agredida por PM no DF

"Vejo mão dele se aproximar o tempo todo", diz jovem agredida por PM em bar ... - Veja mais em https://www.uol.com.br/universa/noticias/redacao/2020/08/26/parece-que-minha-vida-acabou-diz-jovem-agredida-por-pm-em-bar-do-df.htm?cmpid=copiaecolPolícia Militar do Distrito Federal (PMDF) afastou o militar que deu um tapa no rosto de uma jovem de 26 anos durante uma confusão no Sun Beer Sports Bar, em Planaltina. O caso ocorreu por volta das 2h30 de sábado (15/8) e foi filmado por testemunhas.


Em nota divulgada nesta segunda-feira (17/8), a corporação informou que tomou conhecimento da conduta do policial por meio da imprensa. “Diante disso, iniciamos a coleta de informações a fim de fazer uma avaliação profunda do caso e adotar todas as medidas necessárias que o fato requer.”

“Ressaltamos que a PMDF não coaduna com nenhum tipo de desvio de conduta e o fato será apurado rigorosamente pela corporação. O policial será afastado das atividades operacionais”, disse, na nota.

O militar que agrediu a mulher é o segundo sargento Aetsonclei Belarmino Almeida Silva. Após ser agredida, a jovem registrou um boletim de ocorrência por injúria e lesão corporal na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), que apura o caso.

 By Clever Advertising
A briga teria começado após um um comentário feito pela esposa do policial em relação a uma amiga da jovem, que passava mal após ter ingerido bebida alcoólica. Iniciou-se uma discussão entre elas e o PM resolveu intervir.

Veja, abaixo, o momento em que o PM dá um tapa no rosto da mulher durante a confusão:

Nota de repúdio
Por meio de nota, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) disse que “irá apurar os fatos dessa denúncia”. Nesse domingo (16/8), o bar publicou nota de repúdio em seu perfil no Instagram, afirmando que “não apoia a violência contra a mulher”.

Em comentário abaixo da postagem, o Sun Beer Sports Bar salientou ainda que “em nenhum momento fomos parciais ao agressor”. “As medidas tomadas no momento tiveram, única e exclusivamente, o intuito de findar a confusão”, diz a publicação.


fonte: Metrópoles

Nenhum comentário: