sexta-feira, 4 de setembro de 2020

ADOLESCENTE ACUSA POLICIAL MOTORISTA DE APP DE ESTUPRO: “FEZ EU RELACIOANR COM ELE”, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com

ADOLESCENTE ACUSA POLICIAL MOTORISTA DE APP DE ESTUPRO: “FEZ EU RELACIOANR COM ELE”, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com

De acordo com a menina, que tem apenas 15 anos, o homem a obrigou a ter relações com ele no parque São Lourenço.

A corrida com o carro de aplicativo começou no bairro Boqueirão. No local, a vítima estava na casa de uma amiga pois havia acabado de voltar do litoral do Paraná.

Conforme a adolescente, no começo da corrida ela conversou normalmente com o indivíduo, exatamente como fazia com outros motoristas de aplicativo. Entretanto, não demorou muito para que os ataques começassem.

“Ele começou a falar umas besteiras pra mim. Se eu gostava de um carinho, essas coisas. Ele falou que a região onde eu morava era perigosa (…), e nisso ele falou que ‘ainda bem que eu sempre ando armado’. Ele parou o carro e falou pra mim ir pro banco da frente, e eu falei que não queria. E ele insistiu e daí eu peguei e desci, porque ele tava com uma arma e eu não sabia do que ele podia ser capaz. (…). Ele começou a passar a mão na minha perna, mas eu disse que não queria. E ele parou no parque São Lourenço”.

Ao sentar no banco da frente a jovem relata que o policial ergueu a blusa e mostrou a arma em sua cintura.
“Eu fui obrigada a fazer as coisas nele. Ele fez eu fazer  nele. Me ameaçou várias vezes que se eu contasse pra alguém ele ia me matar”.

Ainda segundo relatos da menina o estupro aconteceu perto do estacionamento do parque São Lourenço. Em um local bastante escuro a jovem relembra que foi obrigada a manter relações com o motorista.


“Em data de 1º de setembro de 2020 chegou ao comando do BPGd a informação, advinda de redes sociais, de que uma adolescente de quinze anos teria sido vítima de crime, praticado por um indivíduo, cujas imagens veiculadas na internet davam conta de ser um militar estadual. Em face do ocorrido, este Comandante determinou imediatas diligências, no sentido de localizar tanto a suposta vítima quanto o suspeito do crime, vez que fora identificado como sendo um militar servindo no BPGd. Diante da necessidade de apuração de forma justa e imparcial, foi determinada a instauração do procedimento investigatório cabível, que será conduzido em estrita observância aos ditames legais, e ao final apontará as providências a serem adotadas”.

Além disso, a PM afirmou que não compactua com desvios de conduta de seus policiais, e que lamenta o triste episódio e “apura com rigor a ocorrência por meio de seus mecanismos internos e da Corregedoria-Geral, todos integrados com os órgãos do Ministério Público e da Justiça”.


Nenhum comentário:

Aviso Legal

Qualquer prática ilícita ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais, por favor nos informe escrevendo para ultimasnoticiasdobrasil.com@domainsbyproxy.com

Pesquisar este blog