sábado, 5 de setembro de 2020

Babá e namorado são presos após gravação de vídeo pornográfico de bebê de 10 meses em Canoas, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com



Babá e namorado são presos após gravação de vídeo pornográfico de bebê de 10 meses em Canoas, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com


Mulher trabalhava como babá da criança e foi presa em flagrante. Polícia investiga se eles cometeram outros crimes. Ambos estão presos preventivamente.

Uma mulher de 32 anos e um homem, de 52, foram presos na última quinta-feira (3) após a gravação de um vídeo pornográfico de um bebê de 10 meses, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre.


Fracieli Stegues Lopes trabalhava como babá da criança e gravava o vídeo para enviar a Abreu Fernando Oliveira da Silva, que é seu namorado. O crime foi flagrado pela mãe da criança.

A babá chegou a fugir do local, mas foi localizada pela polícia nas proximidades da residência, e presa em flagrante. O homem foi preso algumas horas depois, com mandado de prisão preventiva. Ambos seguem detidos preventivamente.

Antônio Ricardo Garleti, advogado de Francieli, diz que ela foi induzida pelo homem. "Ele ajudava financeiramente e se aproveitou da situação da minha cliente, em que ela veio a cometer esse crime bárbaro", diz o advogado.


Já Alexandre Ribeiro, representante de Abreu, afirma que ele não solicitou os vídeos. "Isso vai ser bem esclarecido. Ele deixou bem claro que isso é uma opção, uma prática só dela. Mas, infelizmente, acabou sendo colocado como acusado nessa situação."

As prisões foram feitas pela Operação Innocentia — fase Wolverine, realizada pelas equipes do delegado Pablo Rocha, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, e da delegada Mariana Lamar, da Delegacia Policial de Pronto Atendimento de Canoas.

Além das prisões, os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão de três celulares e um computador do homem preso na casa dele. Segundo o delegado Pablo Rocha, será pedida a quebra de sigilo e de senhas, para verificar o conteúdo dos aparelhos.


A polícia investigará a possibilidade de o casal ter cometido crimes contra outras crianças. Os dois trabalhavam como animadores de festa infantil. Abreu participava de eventos de cosplay, vestido como o personagem de história em quadrinhos, e Francieli já havia trabalhado em creches.

No celular dela, foram encontrados quatro vídeos pornográficos da mesma criança. Conforme a polícia, ela não tem antecedentes criminais.

Já Abreu tem um boletim de ocorrência por ato obsceno em sua ficha criminal. Ambos já foram encaminhados ao sistema penitenciário, e responderão por quatro crimes: estupro de vulnerável, produção de material pornográfico infantil, manutenção de arquivo pornográfico infantil e distribuição de pornografia infantil.


Mãe desconfiou do comportamento da criança
Ao G1, a mãe da criança disse que já vinha desconfiando do comportamento da filha. "Quando ela [a babá] chegava, o bebê começava a chorar", disse.

Francieli cuidava da criança há pouco mais de um mês, após ter anunciado seus serviços de babá, procurando emprego.

A mãe conta que flagrou a situação porque ouviu o choro da criança e foi verificar o que acontecia. "Ela calmamente me respondeu que tava gravando um vídeo da minha filha. Arranquei o celular da mão dela. O vídeo já tinha sido enviado", relata.


"Eu espero de verdade que não saiam tão cedo da cadeia, que nunca mais cheguem perto de crianças", conclui a mãe.


fonte: G1 RS

Nenhum comentário:

Aviso Legal

Qualquer prática ilícita ou com a publicação de conteúdo que viole direitos autorais, por favor nos informe escrevendo para ultimasnoticiasdobrasil.com@domainsbyproxy.com

Pesquisar este blog