quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Corpos de ex-namorados que estavam desaparecidos são encontrados na Região Noroeste, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com


Corpos de ex-namorados que estavam desaparecidos são encontrados na Região Noroeste, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com

Corpos de ex-namorados que estavam desaparecidos são encontrados na Região Noroeste




APolícia Civil confirmou, na manhã da quarta-feira (16/09), que foram encontrados no município de Condor, na Região Noroeste, os corpos de Liana dos Santos Gomes, 35 anos, e do seu ex-companheiro Everton Luiz Rodrigues, 38 anos. A suspeita é de que ele tenha matado a mulher e, depois, suicidado-se.


Os corpos estavam dentro do GM Vectra que teria sido usado pelo homem para sequestrar a ex-companheira e fugir de Júlio de Castilhos, na Região Central, depois de ter matado o atual namorado dela no final da tarde da terça-feira (15/09).


O primeiro crime ocorreu no início da noite, por volta das 18 horas. Everton Luiz Rodrigues teria matado Andrio Andrade Mazzaro, 29 anos, na localidade de Céu Azul, no interior de Júlio de Castilhos. Após, ele teria sequestrado a ex-companheira e fugido. A Brigada Militar e a Polícia Civil fizeram buscas pelo suspeito durante toda a madrugada da quarta-feira.


O carro foi localizado por pessoas que moram nas redondezas da localidade de Tiro Alvo, no interior de Condor, pouco depois das 08 horas.


Conforme o delegado Adriano de Rossi, Everton Luiz Rodrigues matou Andrio Andrade Mazzaro após o casal sair da propriedade dos avós de Liana. Eles haviam ido levar os idosos até em casa. Após o crime, o homem a colocou no seu carro e fugiu.


A Polícia Civil acompanhou o deslocamento do suspeito após conseguir a quebra do sigilo telefônico de ambos. Os policiais até chegaram a estar próximo do local onde o carro foi encontrado na manhã da quarta-feira, mas com a chuva e à noite, não foi possível visualizar o veículo. Liana dos Santos Gomes também chegou a enviar uma mensagem a uma amiga, ainda não se sabe se obrigada pelo ex-companheiro, dizendo que estaria próximo de Passo Fundo.


De acordo com Adriano de Rossi, testemunhas relataram que Everton Luiz Rodrigues não aceitava o fim do relacionamento com Liana, efetivado entre o final do ano passado e o início de 2020. Ela tinha uma medida protetiva contra ele concedida pela Justiça em julho deste ano, por conta de ameaças. Os dois tinham uma filha de dois anos.


Pouco antes do veículo com os corpos ser encontrado, os policiais acharam no quarto da casa de Everton Luiz Rodrigues, uma carta endereçada aos pais dele, detalhando que ele mataria Liana e Mazzaro, e depois cometeria suicídio


fonte: Gaúcha ZH

Nenhum comentário: