quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Homem é preso em flagrante por tentar matar a cunhada com uma foice em Nova Friburgo, no RJ, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com



Homem é preso em flagrante por tentar matar a cunhada com uma foice em Nova Friburgo, no RJ, confira aqui! | UltimasNoticiasDoBrasil..com


Crime aconteceu nesta terça-feira (8). Segundo a polícia, o agressor perdeu o emprego e culpava a vítima por isso. O homem vai responder por tentativa de feminicídio e injúria.

Um desentendimento familiar por pouco não terminou em tragédia na noite desta terça-feira (8) no distrito de Amparo, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. Um homem foi preso após tentar matar a cunhada com uma foice, segundo a Polícia Civil.


A vítima e agressor moravam no mesmo quintal.

Segundo a polícia o homem de 41 anos entrou na casa da vítima, de 27, com uma foice na mão e foi direto até ela, que estava cozinhando, de costas pro agressor. A mulher só não foi atingida porque conseguiu se virar a tempo.

Ainda de acordo com a polícia, os dois entraram em luta corporal. A mulher recebeu diversos socos e foi golpeada várias vezes com o cabo da foice enquanto segurava a ferramenta para não ser atingida.


Após os gritos de socorro, o marido da vítima, que é irmão do autor, chegou. Os dois conseguiram desarmar o agressor, que fugiu do local.

Em depoimento à polícia, a mulher contou que o agressor culpava ela e o marido por ter perdido o emprego.

A vítima imediatamente procurou a DEAM para realizar a denúncia. Logo em seguida, os agentes, em ação policial coordenada pela Delegada Titular da DEAM de Nova Friburgo, Carla Ferrão, saíram em busca do homem e conseguiram prendê-lo em flagrante.

Os policiais também apreenderam a arma utilizada no crime.

“Cumpre ressaltar a importância da denúncia nos crimes cometidos com violência doméstica e familiar contra a mulher. Em razão do fato de que esses crimes ocorrem no interior da residência das próprias vítimas, que é o local mais perigoso pra elas. É importante que as vítimas ou quem tenha conhecimento dos crimes que denuncie a polícia, antes que culmine no pior”, ressaltou a delegada Carla Ferrão.


Ainda de acordo com a delegada, o agressor vai responder por tentativa de feminicídio e injúria pelos moldes da Lei Maria da Penha, e pode pegar até 20 anos e 6 meses de prisão.

O agressor já foi encaminhado para um presídio no Rio.


Nenhum comentário: