domingo, 25 de outubro de 2020

Cachorro morre após ser arrastado amarrado a moto, e suspeito é preso pela PM; vídeo, confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com


Cachorro morre após ser arrastado amarrado a moto, e suspeito é preso pela PM; vídeo, confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com
Homem amarra cachorro a moto e o arrasta — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Um homem, que não teve a identidade divulgada, foi preso suspeito de amarrar um cachorro à moto e arrastá-lo, em Inhumas, no centro de Goiás. O animal chegou a ser resgatado e levado a uma clínica veterinária, mas morreu em decorrência dos ferimentos graves, na manhã deste domingo (25).Continua depois da publicidadeContinua depois da publicidade

Segundo a Polícia Militar, testemunhas contaram que o homem também golpeou o animal com uma picareta por ter sujado a área da casa em que moram.

Um vídeo feito por testemunhas do caso mostra quando animal é amarrado ao veículo e começa a ser levado (assista acima). Como as imagens são muito fortes, não serão divulgadas na íntegra.

O caso foi registrado pela PM no sábado (24). Após receberem uma denúncia, os policiais pelo autor descrito pelas testemunhas e prenderam suspeito às margens da GO-070, na saída da cidade.

A corporação informou que abordou e prendeu suspeito do crime prestes a abandonar o animal machucado em uma mata. Os policiais constataram que o cão estava vivo e chamaram o Corpo de Bombeiros e Batalhão Ambiental.

Os bombeiros socorreram o cachorro e o levaram a uma clínica veterinária, que prestou ajuda ao animal, mas informou, horas depois, que ele não resistiu

Segundo a PM, o homem foi preso em flagrante por maus-tratos a animais, cuja lei foi alterada há cerca de um mês. Ele foi deixado aos cuidados da Polícia Civil da cidade.

O G1 entrou em contato com a delegacia local no início desta manhã e aguarda retorno sobre o caso.

As mudanças feitas no texto da legislação aumentaram a pena para o crime, que era de três meses a um ano de reclusão, além de multa, passou a ser de dois a cinco anos de reclusão mais multa e proibição de guarda do animal.