sábado, 3 de outubro de 2020

Idosa treinada em jiu-jitsu imobiliza invasor de complexo da terceira idade, confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com


Idosa treinada em jiu-jitsu imobiliza invasor de complexo da terceira idade, confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com




Uma idosa americana de 67 anos apelidada de "Lady Ninja" foi responsável por imobilizar um invasor em sua residência até a chegada da polícia em Fontana,  nos EUA.

O fato aconteceu na última segunda-feira, dia 28 e Lorenza Marrujo contou ter conquistado a faixa-preta em jiu-jitsu, esporte que praticou ao longo de 26 anos, e relatou ter surpreendido um homem que entrou em seu apartamento, no terceiro andar de um complexo para idosos. Ela afirmou ter chegado a ameaçá-lo com um taco de beisebol para que fosse embora. "Eu disse: 'Cai fora ou terei que te machucar'.

Em seguida, ele saiu correndo e foi para o primeiro andar, onde agrediu a moradora Elizabeth McCray, de 87 anos, que usa cadeira de rodas. Lorenza, que acompanhava o que estava acontecendo, admitiu que não podia ignorar aquilo e, novamente, tomou uma atitude.

"Eu tive que dobrar seus dedos para trás, para tirá-lo de cima dela", descreveu Lorenza. "Ele estava gritando porque essa é uma das minhas técnicas, os dedos dobrados. Então eu fiz 'boom' com meu cotovelo duas vezes em seu esterno".

Identificado como Donald Robert Prestwood, de 59 anos, o suspeito, que também reside no complexo, onde trabalha como "faz-tudo", foi preso pela polícia de Fontana. De acordo com a "CBS de Los Angeles", os agentes localizaram-no enquanto ele ainda estava sendo contido pela senhora.

"Meu joelho estava em seu peito, meu outro joelho estava em sua garganta, eu tinha controlado sua mandíbula e estava mirando em seu olho", lembra Marrujo, conforme publicação do "New York Post".

Antes disso, porém, Elizabeth, que foi levada para um hospital receber atendimento por seus ferimentos, relatou que o agressor chegou a provocar uma queda de Lorenza.

Testemunhas relataram que Donald aparentava estar embriagado, informou o portal de notícias "Press-Enterprise".

A polícia elogiou a ação de Lorenza, mas também alertou a população sobre os riscos de reagir a uma agressão, pois o suspeito pode estar armado.


fonte: Sarah Chaves, com informações do ùltimo Segundo