quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Modelo troca tiros com assaltantes dentro de casa para defender filho, confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com


Modelo troca tiros com assaltantes dentro de casa para defender filho, confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com


Ansley Pacheco, de 26 anos, pegou uma pistola e disparou contra invasores para defender seu filho e marido de um assalto dentro de sua casa. Ela estava com o filho no quarto, enquanto o marido recebia convidados na sala e homens invadiram a residência. Ninguém se machucou durante o confronto, gravado pelas câmeras de segurança do local, em Miami, nos EUA.

A modelo possui 140 mil seguidores no Instagram e compartilha fotos de biquínis em lugares luxuosos ao redor do mundo. Ela também compartilha conteúdo sensual no site OnlyFans para assinantes pagantes. Neste mês, no entanto, ela conquistou a internet por mostrar seu lado mais corajoso para defender o filho durante um assalto.

Dois homens com metralhadoras arrombaram a porta da frente e renderam o marido da modelo e os amigos dele, que acompanhavam a final da NBA, no dia 6 de outubro. Ao ouvir o barulho, vestida apenas de camiseta e calcinha, Anseley correu até a cabeceira da cama e pegou uma pistola.

Ela abriu a porta e avistou um dos invasores, que disse para ela abaixar a arma. Sem soltar a pistola Ansley gritou, implorando que os assaltantes não atirassem pois o filho de 7 anos estava com ela dentro do quarto.

Os homens não se importaram com o pedido e abriram fogo, disparando contra o quarto em que Ansley e o filho estavam. Ela revidou aos tiros para defender o filho.

Depois de roubar joias e relógios caros, os criminosos fugiram do local e foram perseguidos pelo marido, que pegou a arma da mulher. Ele até conseguiu dar alguns disparos contra o carro dos assaltantes, mas acabou perdendo-os de vista.

O casal não reconheceu nenhum dos assaltantes mascarados e a polícia mantém investigações para descobrir a identidade dos assaltantes. Ninguém se feriu durante o tiroteio.

Ansley relatou o desespero para o canal virtual e digital Local 10: “Você sabe, eles poderiam tê-lo [o marido] matado. Eles [os assaltantes] poderiam ter me matado. Eles não se importaram nem um pouco. Tudo que eu sabia era que tinha que fazer algo, meu primeiro pensamento foi pegar uma arma e proteger meu marido e filho”.