sábado, 21 de novembro de 2020

4 sinais que a violência psicológica deixa no corpo e muitos não conhecem


 
Foto / reprodução
Apesar de não ter sinais físicos que possam evidenciar o abuso, a violência psicológica pode ter sérios reflexos importantes na vida, sendo necessário conhecer para evitar cair nesse tipo de situação. A violência é uma espécie de interação pessoal ou social em que existe uma intenção clara de se provocar prejuízo ou dano à outra parte.

Muita gente não sabe, mas existem vários tipos e graus de violência. Algumas vezes são tão sutis que podem passar despercebidos. A violência psicológica, mesmo não sendo física, também deixa sinais no corpo.

A ação pode provocar sérios problemas de saúde a longo prazo. A violência psicológica pode ser um abuso verbal, baseado em humilhar, desqualificar, insultar, isolar ou até mesmo pode ser o bullying. Veja abaixo alguns sinais que a violência psicológica deixa no corpo.

Distúrbios do sono
Na maioria dos casos, a violência psicológica resulta em algum tipo de distúrbio do sono. As grandes doses de pressão e abuso verbal provocam estados de ansiedade, insônia e estresse. Ficar recebendo diferentes tipos de humilhações pode gerar distúrbios cardíacos e nervosos.

Transtornos alimentares
Pessoas que são vítimas de violência psicológica geralmente sofrem com distúrbios relacionados à alimentação. Com a autoestima baixa, o indivíduo acaba tendo a sensação que não merece nada e que a culpa é sua. A distorção da realidade pode acarretar perda de apetite, falta de controle, insegurança e desleixo pelo que se alimenta.

Hipertensão
A pressão alta também é um dos sinais de violência psicológica deixada no corpo. Estar sempre alerta para se proteger faz com que a pressão fique elevada. Pessoas que vivem em locais de constante conflito tendem a desenvolver a doença.

Depressão
O abuso psicológico faz com que a vítima entre em um estado depressivo e de angústia. Infelizmente, muitos sinais de violência psicológica acabam se tornando transtornos mentais. Ser submetido a um ambiente de chantagem, insultos e humilhações, ciúme descontrolado, gritos e/ou relações intimas sem consenso podem provocar um sério estado de desolação, fazendo com que a pessoa pense até em tirar a própria vida.

Com informações do site: i7news, Shyrlene Souza