quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Anitta é criticada por jornalista nas redes sociais após rebater fala polêmica sobre estupro, confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com


Anitta é criticada por jornalista nas redes sociais após rebater fala polêmica sobre estupro, confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com
O caso do jornalista Rodrigo Constantino, que foi demitido recentemente da Jovem Pan, não está repercutindo nada bem nas redes sociais. Após uma fala polêmica sobre o recente julgamento de Mariana Ferrer, a cantora Anitta foi apenas uma das celebridades que saiu em defesa da influencer, deixando um comentário super sincerão no Instagram do jornalista.

Incomodado, o mesmo resolveu cutucar a cantora em seu perfil do Twitter nesta quarta-feira (04), criticando Anitta por sua fala e dizendo que educa sua filha para ser o oposto da cantora. “Olha, não te respeito como ‘pensadora’ nem como mulher, e todo meu esforço ao EDUCAR a minha filha é justamente para ela ser seu OPOSTO. Tenho tido muito sucesso…”, escreveu Rodrigo na rede social, recebendo uma resposta da cantora logo em seguida.

“Que alívio saber que não tenho seu respeito. Se você me admirasse eu precisaria rever todos os meus conceitos e ver onde errei. Torço muito pra que sua filha seja realmente como você acha que ela é, e que seja por vontade própria”, escreveu Anitta.

A cantora ainda continuou com as críticas ao jornalista em outro tweet, relembrando de situações que ocorreram durante sua adolescência em uma realidade que ela enfrentou antes da fama.

“Já tive colegas que eram deixadas na porta da escola pelo pai. Uniforme todo fechado. Saia abaixo do joelho. Quando o pai saía da vista ela abria a blusa, enrolava a saia até ficar curta, pegava os cigarros que dava pras amigas guardarem pra ela… por medo do pai conservador. Rezando pra que ela seja do seu agrado por vontade própria pra sempre. Desejar a liberdade e não poder ter é a coisa mais terrível que existe. E tomara que o destino nunca faça ela passar por tremendo horror. Ir pra casa sabendo que não pode contar com o pai seria terrível”, escreveu.

Entenda o caso
Recentemente, durante discussão sobre o caso de Mari Ferrer, o jornalista Rodrigo Constantino deu uma declaração que gerou polêmica em todo o Brasil, chegando a se tornar o assunto mais comentado nas redes sociais, e foi demitido na tarde desta quarta-feira (04).

Na ocasião, Constantino havia citado que se fosse sua filha sendo estuprada, ela seria castigada por estar bêbada com outros homens e que não denunciaria o criminoso.

“Se minha filha for estuprada nessas circunstâncias, ela vai ficar de castigo feio. Eu não vou denunciar um cara desse para a polícia”, disse. Leia maisO caso do jornalista Rodrigo Constantino, que foi demitido recentemente da Jovem Pan, não está repercutindo nada bem nas redes sociais. Após uma fala polêmica sobre o recente julgamento de Mariana Ferrer, a cantora Anitta foi apenas uma das celebridades que saiu em defesa da influencer, deixando um comentário super sincerão no Instagram do jornalista.

Incomodado, o mesmo resolveu cutucar a cantora em seu perfil do Twitter nesta quarta-feira (04), criticando Anitta por sua fala e dizendo que educa sua filha para ser o oposto da cantora. “Olha, não te respeito como ‘pensadora’ nem como mulher, e todo meu esforço ao EDUCAR a minha filha é justamente para ela ser seu OPOSTO. Tenho tido muito sucesso…”, escreveu Rodrigo na rede social, recebendo uma resposta da cantora logo em seguida.

“Que alívio saber que não tenho seu respeito. Se você me admirasse eu precisaria rever todos os meus conceitos e ver onde errei. Torço muito pra que sua filha seja realmente como você acha que ela é, e que seja por vontade própria”, escreveu Anitta.

A cantora ainda continuou com as críticas ao jornalista em outro tweet, relembrando de situações que ocorreram durante sua adolescência em uma realidade que ela enfrentou antes da fama.

“Já tive colegas que eram deixadas na porta da escola pelo pai. Uniforme todo fechado. Saia abaixo do joelho. Quando o pai saía da vista ela abria a blusa, enrolava a saia até ficar curta, pegava os cigarros que dava pras amigas guardarem pra ela… por medo do pai conservador. Rezando pra que ela seja do seu agrado por vontade própria pra sempre. Desejar a liberdade e não poder ter é a coisa mais terrível que existe. E tomara que o destino nunca faça ela passar por tremendo horror. Ir pra casa sabendo que não pode contar com o pai seria terrível”, escreveu.

Entenda o caso
Recentemente, durante discussão sobre o caso de Mari Ferrer, o jornalista Rodrigo Constantino deu uma declaração que gerou polêmica em todo o Brasil, chegando a se tornar o assunto mais comentado nas redes sociais, e foi demitido na tarde desta quarta-feira (04).

Na ocasião, Constantino havia citado que se fosse sua filha sendo estuprada, ela seria castigada por estar bêbada com outros homens e que não denunciaria o criminoso.

“Se minha filha for estuprada nessas circunstâncias, ela vai ficar de castigo feio. Eu não vou denunciar um cara desse para a polícia”, disse. Leia mais