quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Câncer de fígado: 8 sinais que podem revelar sua presença e você NÃO DEVE IGNORAR


 

Foto / reprodução
O carcinoma hepatocelular, mais conhecido popularmente como câncer no fígado, é uma doença extremamente perigosa que pode levar à morte, caso a pessoa infectada não receba os cuidados necessários para contê-la.

O câncer de fígado é o terceiro que mais mata no mundo, chegando a cerca de 700 mil óbitos em decorrência dessa doença todos os anos no planeta. No Brasil, entre os anos de 2011 e 2015, mais de 44 mil pessoas faleceram em decorrência do problema; e o diagnóstico tardio é uma das razões para o elevado número de mortes.

Quando o indivíduo está cometido pelo câncer de fígado, o corpo mostra alguns sinais, tais como:

Perda de peso sem causa aparente
Perda de apetite
Dor na parte superior do abdômen
Náusea e vômito
Fraqueza geral e fadiga
Edema abdominal
Descoloração amarela da pele e da parte branca dos olhos
Fezes brancas ou esbranquiçadas

Caso um indivíduo apresente os sintomas acima citados, não significa que a existência do câncer é obrigatória, mas é importante verificar, por meio de exames, qual a real causa do surgimento dos sintomas.
 
Segundo a Dra. Margarita Dehesa, da Fundação Mexicana de Saúde, são vários os fatores que podem levar uma pessoa a ter câncer no fígado. Um deles é o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, que danificam o órgão, que é tão importante para o corpo humano.

Além disso, ainda de acordo com a médica, infecções virais também podem danificar o fígado, provocando, em alguns casos, danos irreversíveis ao órgão, que tem como uma das principais funções ajudar na digestão dos alimentos.


Com informações do site: I7News