segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Candidata trans é a mais votada para a Câmara Municipal de Aracaju

Candidata trans é a mais votada para a Câmara Municipal de Aracaju
 



SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) – Aracaju elegeu neste domingo (15) uma vereadora trans. Linda Brasil (PSOL) foi a candidata que recebeu mais votos –5.773, no total. Durante a campanha, ela se apresentava como “a primeira mulher trans feminista com possibilidade de eleição na Câmara dos Vereadores” da capital de Sergipe.

Em segundo lugar, ficou Dra. Emília Correa (Patriota), com 5.025 votos, seguida por Nitinho (PSD), com 4.720 votos.

Em seu site, Linda Brasil conta que é graduada em Letras Português-Francês e mestra em Educação pela UFS (Universidade Federal de Sergipe). A plataforma como candidata incluía o combate aos privilégios, ao racismo, à LGBTfobia e ao machismo.

Nas redes sociais, ela destaca sua luta pelo uso do nome social dentro da Universidade Federal de Sergipe, que resultou em uma “vitória para toda a população trans que consegue acessar a universidade”.

Na disputa pela Prefeitura de Aracaju, Edvaldo (PDT) e Delegada Danielle (Cidadania) foram para o segundo turno. Edvaldo tentará sua reeleição na capital sergipana frente a Danielle, que concorre pela primeira vez.

Com informações do site: Folhapress