domingo, 8 de novembro de 2020

Conheça três plantas para baixar o açúcar no sangue


 


O excesso de açúcar no sangue infelizmente é algo muito comum nos dias atuais, o acesso a alimentos mais açucarados e aos carboidratos se tornou problemático para algumas pessoas. O número de pessoas com diabetes é muito alto e tem crescido cada vez mais. 

Além de uma alimentação inadequada há outros fatores que influenciam como a falta de atividade física, predisposição genética, obesidade, dentre outros. 

A maioria das pessoas sofrem com a diabetes do tipo 2 que também algumas pessoas chamam de “diabetes adquirida”. O tratamento deve ser feito sempre sob supervisão de um médico, mas existem alternativas naturais que realmente ajudam a abaixar a glicose no sangue. 

Dentre várias alternativas que existem vamos falar para vocês de 3 plantas que passaram por estudos e que foi comprovada a sua ação contra a diabetes. Essas 3 plantas são as folhas de mamoeiro, mangueira e pata-de-vaca.

Chá da folha de mamão

Encontrar um pé de mamão é a coisa mais fácil, então você tem um excelente remédio para baixar o seu nível de açúcar. 

A folha de mamão realmente é excelente diminuir os níveis de açúcar no sangue para aquelas pessoas que ainda não foram diagnosticadas com diabetes, para aquelas que já tem diabetes o chá da folha de mamão ajudar a controlar a diabetes. 

Há um detalhe que devemos prestar a atenção, a folha de mamão não pode ser consumida crua, devemos usá-la apenas em forma de chá, ou seja, é preciso jogar água fervente sobre ela. 

A folha de mamão é tóxica, mas se jogarmos a água fervente para fazer o chá ela perderá essa toxidade. Não devemos também abusar no uso, apenas 3 vezes ao dia já está de bom tamanho.  

Em uma pesquisa realizada com ratos diabéticos perceberam que a folha de mamão foi capaz de baixar os níveis de açúcar no sangue e não foi só isso. 

Viram também que o uso da folha de mamão foi capaz de baixar o nível de colesterol nos ratos além de afetar positivamente a integridade e a função do fígado e pâncreas.

 Chá da folha de manga

 Outro planta que ajudará na luta contra a diabetes é a manga, que é uma planta muito comum em nosso país. O chá da folha de manga também ajuda a baixar os níveis de açúcar no sangue.

 Dentre tantas pesquisas que existem há uma em que notaram que o uso do da folha da manga por 7 dias baixou o nível de glicose significativamente nos ratos testados. 

Outro resultado notado em outras pesquisas é que o uso da folha de manga aumentou a produção de insulina pelo pâncreas. Vale lembrar que nessas pesquisas ele não utilizam o chá da planta e sim seu extrato que é mais potente. Não use aquelas folhas velhas, procure usar as folhas mais jovens.

 Chá da folha da pata-de-vaca

 A terceira e última planta que citaremos neste texto é a pata-de-vaca, mas vale lembrar que existem várias espécies com esse nome. 

A que estamos nos referindo tem o nome científico de bauhinia forficata.Para identificar essa espécie devemos prestar atenção em alguns detalhes. As folhas dessa espécie são mais pontudas e mais finas e suas flores também são mais alongadas e finas. E outra característica dessa planta é que ela tem espinhos na base da folha.

Em uma pesquisa 3 foi demonstrado que o uso da pata-de-vaca diminuiu a glicose em jejum e reduziu também a presença de glicose na urina melhorando a função renal. 

Como fazer esses chás 

Para fazer esses 3 chás é muito simples, eles devem ser feitos por infusão, ou seja, você deve jogar a água fervente sobre as folhas e aguardar aproximadamente 10 minutos 

Para fazer esses chás a medida é a mesma, basta usar 1 colher de chá de folhas picadas para uma xícara de água.

 Alguns cuidados 

É sempre importante mulheres grávidas buscarem informações com seu médico, nunca faça uso de ervas medicinais durante a gestação sem orientação. 

Não use os remédios medicinais de forma indiscriminada achando que não fará mal, deve haver sempre ponderação no uso, as plantas medicinais podem fazer mal também se usadas de forma incorreta. 

Nunca substitua as prescrições médicas por uso de plantas medinais, elas podem ser coadjuvante no tratamento.


Com informações do site emtempo, 27 de março de 2020, 21:32