quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Filho de 24 anos se casa com a mãe de 65 anos: ‘Eu amo minha mãe’


 


Foto / reprodução
O casamento de um jovem com uma mulher mais velha do que ele está dividindo opiniões de internautas nas redes sociais. Mas, o que está sendo questionado pelos internautas não é o fato da mulher ser mais velha do que o rapaz, mas sim, pelo fato do jovem ser filho adotivo da mulher.

A mulher foi identificada como Mbah, de 65 anos, e se casou com seu filho adotivo Ardi, de 24 anos.  De acordo com o site The Guardian, depois de nove meses morando juntos, Ardi percebeu que amava sua mãe adotiva 41 anos mais velha que ele e sem pensar duas vezes pediu sua mãe em casamento. “Para minha surpresa, ele disse que queria se casar comigo”, disse a mulher. 
Segundo a mulher, quando ela adotou Ardi não tinha intenção de se casar com ele relatando que ela tem outros filhos e criou o jovem da mesma maneira. “Três são casados e têm casa própria, mas Ardi é meu marido. Eu disse a ele que ele ainda era jovem demais para se casar, ele apenas respondeu: ‘eu amo minha mãe’, daí marcamos a data do casamento”, disse a mulher.
Nas fotos, os noivos foram vistos de mãos dadas, mas antes de realizar a tradicional cerimônia de casamento islâmica, o noivo teve que pagar o dote. 
Ardi pagou 100 mil rúpias indonésias (cerca de 35 reais), um costume profundamente enraizado nos casamentos islâmicos, onde o noivo ou o sogro costumam dar à noiva dinheiro ou bens como dote. Antes de se casar com sua mãe adotiva, o jovem sofreu uma decepção no amor. 

“Um ano antes de conhecer minha esposa, eu tive um caso, mas a garota me traiu e escolheu se casar com outra pessoa“, disse ele.

Com informações do site: 1news