domingo, 22 de novembro de 2020

Homem é preso após ver colega morrer afogado ao seu lado e não fazer nada


 


Um homem de 28 anos foi preso por omissão de socorro nessa quarta-feira (18) após assistir ao colega, de 30 anos, identificado apenas como Márcio, morrer afogado ao seu lado no Rio Paraguai, em Cáceres (220 km de Cuiabá), e não fazer nada para ajudá-lo.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 23h30 com a informação de que uma pessoa estava se afogando no Rio Paraguai, na Praia do Daveron/Sicmatu, em Cáceres.
Ao chegar no local, os policiais encontraram um jovem de 21 anos, que contou que quando chegou na praia viu um homem se afogando e outro a cerca de quatro metros de distância dele, também dentro da água, sem fazer nada.

A testemunha disse que pediu várias vezes para o homem que estava dentro da água socorrer o que estava se afogando, mas ele apenas respondia que o outro “já estava morto” e não reagia para ajudá-lo.

Em determinado momento, a testemunha não viu mais a vítima e acionou o Corpo de Bombeiros, que foi até o local. Mas quem acabou pegando a vítima foi o próprio colega que se recusou a ajudar antes.

Ele retirou Márcio da água e os bombeiros iniciaram os procedimentos de reanimação. O homem foi levado para o Hospital Regional de Cáceres e a equipe médica tentou reanimá-lo, mas não teve sucesso e o óbito foi confirmado.

Questionado, o homem que se recusou a ajudar disse que ele e Márcio haviam ingerido bebidas alcoólicas desde o início da noite e, no fim, resolveram tomar banho no rio.

Ele acabou preso por omissão de socorro e, segundo o boletim de ocorrência, estava em visível estado de embriaguez alcoólica.


Com informações do site: OLivre, Karina Cabral