sexta-feira, 6 de novembro de 2020

Mulher é presa em Cuiabá após se recusar ser revistada por PM negra: “Sou racista mesmo” , confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com


Mulher é presa em Cuiabá após se recusar ser revistada por PM negra: “Sou racista mesmo” , confira aqui! | UltimasNoticiasBrasil..com



Uma mulher de 28 anos foi presa nessa terça-feira (3), acusada de injúria mediante preconceito, após se recusar a ser revistada por uma policial apenas por ela ser negra.

O caso aconteceu no Bairro Porto, em Cuiabá, por volta das 16h40, após a suspeita se envolver em uma confusão em que chegou a agredir um motorista de ônibus.

Conforme o boletim de ocorrência, a suspeita entrou no ônibus em frente ao 1º Batalhão da Polícia Militar e, ao tentar passar pela catraca, o cartão dela não passou por estar sem crédito.

Ela ficou transtornada e passou a xingar o motorista; na sequência, chegou a dar um tapa no rosto dele.

Polícia acionada

A Polícia Militar foi acionada e uma equipe foi até o ônibus. Os policiais, então, chamaram uma policial feminina do 1ºBPM para fazer a revista da mulher, mas ela se recusou a ser revistada pela sargento dizendo:

“Você não vai tocar em mim”. A policial questionou o motivo e a suspeita respondeu: “Por causa da sua cor”.

A mulher recebeu voz de prisão imediatamente. Ela tentou resistir e foi necessário contê-la para colocá-la na viatura.

Diante do ocorrido, ela, a policial e o motorista foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Cuiabá, onde a suspeita ainda declarou para todos: “Eu sou racista mesmo”.

O caso foi registrado como injúria real, contra o motorista, e injúria mediante preconceito, contra a policial.


fonte: olivre