segunda-feira, 30 de novembro de 2020

PM atira em artista da Globo por engano e modelo segue em estado grave


 
Foto / reprodução
O modelo Bruno Miranda, o ‘Borat’ do programa Amor & Sexo, foi baleado por um policial militar na quarta-feira (25), por engano. O caso ocorreu no Rio de Janeiro, durante uma confusão de trânsito, em que Bruno tentou ajudar a socorrer uma vítima de acidente de carro.

O assistente de palco de Fernanda Lima foi levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Segundo a revista ‘Quem’, o modelo foi atingido no abdômen e precisou passar por uma cirurgia de emergência.

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar esclarece que informações preliminares dão conta de que um policial militar se envolveu em uma briga de trânsito e efetuou disparo de arma de fogo na Rua Maurício da Costa Faria, no Recreio dos Bandeirantes, na tarde desta quarta-feira (25/11).
Um homem foi ferido e socorrido ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Uma arma foi apreendida e o policial foi encaminhado para a 16ª DP por equipes da Operação Recreio Presente. A ocorrência segue em andamento”, afirmou a PM, em nota.

De acordo com a mulher de Bruno, a médica Mariana Melgaço de Mello, com quem tem um filho de 4 anos, o modelo estava indo para a academia após estacionar seu carro, quando houve uma batida entre dois veículos, um dirigido por uma mulher, que estava com o carro capotado no cruzamento, e outro dirigido pelo policial militar.

No momento em que Bruno e um casal foram ajudar a mulher a sair do carro capotado, o PM entrou em luta corporal com o homem do casal e tentou atirar nele, mas o disparo acabou atingindo Bruno Miranda.

O ‘Borat’, nesta quinta-feira (26), segue internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) e está em estado grave, de acordo com informações divulgadas pelo próprio hospital.

Ainda não há informações sobre o que acontecerá com o policial.

Com informações do site: Varelanoticias