terça-feira, 17 de novembro de 2020

Polícia encontra corpo em terreno de instituição criada por João de Deus e suspeita que seja de japonesa desaparecida


 

O corpo de uma mulher foi encontrado, na segunda-feira (16), escondido entre pedras e terra, a cerca de dez metros de uma cachoeira que fica na propriedade da Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal.

A Polícia Civil suspeita que a vítima seja uma japonesa que fazia tratamento no local há dois anos e estava desaparecida há uma semana.

Nesta terça-feira (17), a Polícia Civil prendeu um jovem que confessou ter assaltado e matado uma mulher, além de ter escondido o corpo dela no local. Porém, ele não informou se trata-se da japonesa. Segundo a corporação, o rapaz não apresentara advogado até o final desta manhã.

Com informações do site: Terra Brasil Noticias