quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Polícia faz buscas na casa dos filhos de massagista, que matou chargista


 


Foto / reprodução


A massagista Clarice Silvestre, que confessou ter matado o chargista Marco Antônio Rosa Borges, de 54 anos, se entregou na tarde de ontem (24) em São Gabriel do Oeste, que fica a 140 km de Campo Grande. A Polícia Civil através da Delegacia de Especializada de Homicídios (DEH), desconfiado da versão da massagista Clarice Silvestre, faz buscas na casa dos filhos da massagista, em Campo Grande, nesta quarta-feira (25). Ela teve a prisão preventiva decretada. 

A versão dada pela massagista seria de que o crime aconteceu depois que eles tiveram uma discussão, em que ela teria levado alguns tapas na cara do chargista, que foi encontrado esquartejado e carbonizado, na rua Nova Europa, no Jardim Corcovado, região sul da capital. 

As buscas na casa dos filhos, é por conta do peso dela, que é magra e de porte pequeno, e ele pesaria mais de 90 quilos, com isso a polícia investiga a participação de outras pessoas no crime, os filhos moram no bairro Coophavila II.  

No quintal da casa onde a perícia recolheu os restos mortais de Marco, estava com o mato queimado recentemente e um odor muito forte, foram encontrados resquícios do corpo de Marco e da mala que ele foi colocado dentro.

Marco foi visto pela última vez no sábado (21), às 08h59, quando câmeras de segurança da região, flagraram o momento que Marco passava pela rua, com uma camiseta regata azul e uma bermuda jeans. 



Ele tinha saído para encontrar com Clarice, com quem tinha um relacionamento. E desde então não foi mais visto. Familiares de Marco, fizeram buscas pelo celular e descobriram que ele estava a duas quadras da casa de Clarice, em contato com ela, a principio disse que ele não chegou na casa dela. 

Mas a familia desconfiada, pois até o cachorro de porte grande dela havia sumido, acionaram a polícia, e nesta terça (24) ela se entregou a polícia.



Com informações do site: jd1noticias