terça-feira, 24 de novembro de 2020

Produtos naturais que você não deve usar no rosto


 
Foto / reprodução

Que prazer poder ter a natureza em nosso benefício. Sentir-se parte do planeta e aproveitar o que ele nos proporciona para nos fazer sentir bem e retribuir cuidando de seus recursos. Um pouco dessa energia de contato natural influencia aqueles dias de beleza doméstica em que passamos horas aplicando esfoliantes, máscaras, toners e outros produtos feitos com ingredientes que certamente estão em nossa geladeira ou despensa.

O problema é quando não temos conhecimento dos efeitos que alguns destes ingredientes podem causar na nossa pele se nos expormos ao sol, se os utilizarmos em excesso ou se simplesmente não funcionam para o rosto, onde temos as zonas mais delicadas da pele.

Sim, mancha de limão

Uma coisa é que a vitamina C é muito utilizada em produtos cosméticos para a pele e outra é tentar aplicá-la diretamente com máscaras ou tonificantes com limão natural ou alguma outra fruta cítrica.

Não. Em primeiro lugar, e como fato adicional, por se tratar de produtos comerciais, é sempre necessário ler as instruções de uso dos produtos em rótulos e brochuras. Muitos desses produtos podem ser contra-indicados se você se expor ao sol.

E é precisamente o sol que pode jogar contra nós se aplicarmos produtos ácidos como o limão. A Dra. Susana Misticone, dermatologista, confirma isso. Devemos evitar o uso de frutas cítricas e nos expor ao sol, pois mancham a pele.

Podemos encontrar referências ao uso do limão para tonificantes faciais, ou máscaras para reduzir a gordura, até como ingrediente em pomadas caseiras para clarear manchas na pele, mas a verdade é que é contraproducente.

O ácido limão pode alterar o pH da pele e até irritá-la. Isso ocorre porque limão, laranja, tangerina e outras frutas cítricas contêm uma substância que, ao absorver os raios solares, causa queimaduras, inflamação e irritação. Isso pode acontecer mesmo com respingos, por isso é aconselhável lavar a área imediatamente com água antes de sair.

Deve-se notar que outro ingrediente freqüentemente usado como anti-graxa é o álcool. Nunca use. É tão agressivo que pode irritar o rosto e deixá-lo debilitado, eliminando não só o excesso de gordura, mas também o necessário para proteger a pele.

Doce nem sempre é delicioso

Um ingrediente clássico recomendado como esfoliante é o açúcar, mas segundo a cosmiatra Isabela Verbena seu grão é muito grosso e ao invés de ajudar na remoção das células mortas, pode danificar os tecidos.

Entre os ingredientes que oferecem uma referência doce deliciosa está a canela, sempre tentadora, mas temos más notícias: pode alterar o Ph do rosto, é irritante e pode desidratar.

O mel deve ser muito bem enxaguado quando usado porque é perfeito para alimentar não só o seu corpo, mas também as bactérias que podem proliferar com o seu uso. É até recomendável ingeri-lo com freqüência para ter uma pele bonita, mas também dessa forma devemos nos moderar devido ao seu alto índice glicêmico.

Por outro lado, os óleos essenciais, como a lavanda, costumam ser recomendados nas receitas de beleza doméstica, mas também têm sua ciência e é melhor consultar especialistas antes de incorporá-los à rotina de beleza, principalmente se for para o rosto. pois podem causar manchas ou serem oclusivas, ou seja, podem obstruir os poros.


Outros produtos

Existem outros produtos frequentemente recomendados para a pele, com os quais devemos ter controle. Por exemplo, ovo cru para minimizar os poros, bicarbonato de sódio como esfoliante natural e vaselina como hidratante.
O primeiro porque pode conter bactérias, o segundo deve ser evitado por quem tem pele muito sensível e o terceiro porque se usado com demasiada frequência pode entupir os poros.

Se gostamos da aplicação de tratamentos caseiros, devemos levar muito a sério a higiene ao prepará-los e aplicá-los. Lavar muito bem os ingredientes e desinfetar os utensílios, sempre enxaguando com bastante água ao retirá-los e descartar o que sobrar da mistura, são passos fundamentais para o sucesso dessas práticas.

Da mesma forma, nosso rosto agradecerá todas as informações que temos sobre ele. Informe-nos sobre as características da nossa pele, o seu tipo e as suas necessidades, e caso ocorra algum problema, como acne, manchas, irritações frequentes, escolha como primeira opção a visita ao especialista.


Com informações do site N1N - Miquéias Santos