quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Vereadores brigam ao vivo durante transmissão de sessão da Câmara


 
Foto / reprodução

Dois vereadores do município de Acarape protagonizaram uma briga na noite dessa terça-feira (17), em uma transmissão ao vivo da sessão da Câmara Municipal. Com troca de ofensas e acusações, os dois foram vistos partindo para agressão antes da live ser retirada do ar. Em pauta, os vereadores discutiam uma proposta de ficha limpa para funcionários públicos.

A sessão estava com pouco mais de meia hora e se aproximava da votação, após a leitura do projeto. Foi quando o vereador Arimatéia (PDT) pediu a palavra e ressaltou que gostaria de ter mais tempo para ler  a proposta e que ela passasse por uma avalição de assessores jurídicos. "Porque cargo de comissão, até onde eu sei, até onde eu entendo, é um cargo de gerência do gestor. Com relação aos critérios, já existe um padrão [...] Tem coisas no projeto que gostaria de ler mais", disse. Entretanto, ressaltou posteriormente, que não era contra a proposta.

Em seguida, o vereador Pedro Alcino (PMB) rebateu e acusou o outro vereador de não querer votar a proposta. Os dois, então, começam a bater boca e trocar acusações, até que o vereador Arimatéia (PDT) se levanta da cadeira e vai em direção ao outro vereador, mas foi separado pelo presidente da mesa José do Franzé (PSD). Após a discussão, a sessão foi adiada. O projeto deve voltar a ser pauta na sexta-feira (20).

Em entrevista, Pedro Alcino afirmou que a discursão foi fruto do "calor do momento". "Felizmente, o presidente impediu que chegasse a vias de fato. teve algumas acusações mútuas, mas isso faz parte do calor do momento", afirmou. Segundo ele, a regulamentação para assumir cargos públicos na cidade vai ajudar na diminuição da corrupção no município.  




Com informações do site portalr10