quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Dono da Audiomix é acusado de abuso por ex-mulher, quando ela tinha 14 anos


 


Foto: Reprodução
As revelações que a influenciadora Pétala Barreiros tem feito nesta terça (29) sobre Marcos Araújo, empresário e dono da Audiomix, tem chocado todos os internautas. Ele, que assumiu namoro com a apresentadora Lívia Andrade nesta segunda (28). foi exposto por Pétala, após o fim de sua relação. Mãe de dois filhos com o empresário, a jovem, de 21 anos, contou que decidiu se pronunciar pelas crianças. “Mexe comigo, mas não mexe com meus filhos”.

Marcos, ao ser acusado pela ex-mulher de não pagar pensão, postou em seu Instagram, vários comprovantes de transações bancárias feitas em nome da mãe de Pétala, Eunice Maria Barreiros. “Sempre prezei pela discrição e não gosto de expor a minha vida pessoal. Mas primo pela transparência e justiça. Não é justo ver tudo e qualquer tipo de exposição mentirosa e equivocada. Não é justo diante dos meus filhos, para quem ofereço e proporciono tudo com amor. Arco com minhas responsabilidades como pensão, além de moradia, escola, plano de saúde para as mães e meus filhos. Caso haja interesse, procurem a minha assessoria jurídica, eles podem comprovar todos os outros boletos e contas pagas 62-3956-6250. Calúnia e outras questões estão sendo resolvidas na Justiça. Lamento esse tipo de exposição”, escreveu ele na legenda.

Em uma série de Stories, Pétala deu detalhes do relacionamento com o empresário, que teve início ainda na adolescência. “Oi, sobre tudo que aconteceu ontem, eu vim me pronunciar e vim compartilhar com vocês tudo o que vem acontecendo comigo desde os meus 14 anos. O Marcos fez um post em que disse que preza por justiça e transparência, mas isso não é verdade”, disse.

Logo no início do vídeo, Pétala manda uma mensagem para o ex. “Eu acho que você não deveria ter entrado nesse assunto, mas como você entrou, eu vou me pronunciar novamente. Vou falar tudo o que vem acontecendo e não vou deixar mais você me difamar como faz desde que eu tinha 14 anos. Mas você lembra que quando eu tinha 14 anos eu não tinha maturidade, eu não tinha entendimento e a única coisa que eu fiz foi me esconder. Agora não sou mais aquela menina e vou me pronunciar. Por onde você quer começar?”, questionou.A jovem fez questão de falar sobre os posts financeiros do ex. “A juíza determinou em 2015 que fosse pago aquele valor para o Lorenzo de pensão alimentícia. Ele não paga por livre e espontânea vontade, ele paga porque senão ele seria preso. Ele não postou nada referente ao Lucas nem a mim, sua ex-mulher, porque não paga nada. Todos os custos do Lucas e da minha gravidez foram pagos pela minha mãe. Marcos entrou na Justiça contra mim, como eu já tinha compartilhado com vocês, ele pediu o divórcio, pediu o teste de DNA e ofereceu 3 mil reais de pensão para mim e para o Lucas. Então, eu respondi no processo, mas ele esqueceu de citar que cada vinho que ele bebe custa mais de 30 mil reais. Foi algo citado também, mas isso ele não fala”, acusou ela.

Pétala também explicou por que os comprovantes de pensão alimentícia postados por Marcos estariam no nome da mãe dela: Eunice Maria Barreiros. “Porque quando a juíza determinou que fosse paga a pensão do Lorenzo, eu ainda era uma criança. Eu tinha 15 anos e ainda não tinha conta bancária. E foi assim por muito tempo, porque o Marcos não permitia que eu tivesse conta bancária porque ele queria que eu dependesse totalmente dele financeiramente. Por isso, que ele não me deixou fazer faculdade, por isso que ele não me deixava trabalhar”, disse ela.

A jovem contou ainda que o ex-marido não teria pago algumas contas. “Já que você encheu o peito para falar sobre os pagamentos que você tem feito, vou postar aqui todas as cobranças: da escola, do condomínio, do carro que você deixou para a segurança do Lorenzo e todas as que você não tem pago”.

Pétala também fez outras revelações. “Agora, usando a palavra justiça, que você usou no seu post, não imaginei que você gostaria de falar sobre isso porque eu tenho muita coisa para falar sobre isso. Você quer começar pelo processo de estupro quando eu tinha 14 anos ou pela lei Maria da Penha sobre as agressões físicas? Tem um processo também em que peço auxílio para o Lucas e para mim porque o Marcos nunca permitiu que eu estudasse. Ele nunca permitiu que eu trabalhasse porque ele tinha um ciúme doentio e qualquer coisa que eu fizesse, ele não aceitava”, contou.

Para finalizar, ela mencionou o apartamento que os dois mantinham em Goiânia. “Tem uma coisa que pouca gente sabe também. Eu e o Marcos tínhamos um aparamento em Goiânia, onde a gente ficava e o Lorenzo também. E quando terminei com ele, ele tentou voltar e eu não quis, ele tirou todas as minhas roupas e as do Lorenzo de lá. Também tinham algumas coisas da minha loja. Ele tirou tudo e colocou num depósito”, afirmou. 

Com informações do site: varelanoticias