segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

Homem mata duas jovens e depois se mata


 

Duas jovens foram mortas a tiros na noite desta sexta-feira (18), em Bom Jardim, município da Região Serrana do Rio de Janeiro. O crime aconteceu próximo a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, que fica no centro da cidade.

Segundo a Polícia Militar, os disparos teriam sido efetuados pelo ex-namorado de uma das vítimas, que não aceitava o fim do relacionamento.

Ainda de acordo com a PM, Letícia Palomo Leal, de 18 anos, estava com a amiga Lorena da Silva Azevedo, de 21, na praça, quando Jhony Dalbem, de 21 anos, que trabalhava como motoboy, apareceu.
A praça estava movimentada na hora do crime. Jhony teria deixado a moto, e ido de encontro as vítimas já efetuando os disparos. Após cometer o crime, o motoboy cometeu suicídio.

Os três jovens morreram no local. De acordo com a 158ªDP (Bom Jardim), foi instaurado inquérito para apurar as circunstâncias do ocorrido. Diligências estão em andamento para esclarecer o caso.

"Minha princesa virou um anjo. A gente fala que muito cedo... A gente fala que não era hora... A gente fala que ... tanta coisa nessa hora que a saudade e a angústia toma conta. Era minha razão de vida e de luta. Agora minha razão pra continuar esperando o nosso encontro... Ela uma vez me disse que se eu fosse primeiro ela não suportaria, mas e agora?? Agora a força vem de Deus e dos amigos verdadeiros", escreveu a mãe de Letícia Palomo em uma rede social.

O corpo de Letícia foi enterrado na tarde deste sábado (19) em Bom Jardim.

Não há informações sobre os sepultamentos de Lorena e Jhony.

Com informações do site: G1