terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Homem suspeito de usar pitbull para matar é preso; cão tirava pedaços de pessoas


 

Curitiba - Na manhã desta segunda-feira (21), um homem de 29 anos, suspeito de usar um cachorro da raça pitbull para matar, foi preso em Curitiba. Ele também é investigado por tráfico de drogas e os ataques seriam motivados por disputas com outros criminosos.

De acordo com a Polícia Civil, o cão foi enviado para uma Organização não Governamental (ONG) e o homem, que recebeu o apelido de “Lorde das Trevas" , está respondendo por dois homicídios.
Ele será investigado também por outras mortes no bairro do Prado Velho, na capital paranaense. As autoridades também apreenderam um esqueleto, que, supostamente, era utilizado para assustar as pessoas.

"O pitbull já tirou pedaços de pessoas. O suspeito usa armamento de fogo, mas também o pitbull e um esqueleto, que também apreendemos, para assustar as pessoas", disse o delegado da Delegacia de Homicídios, Tito Barichello, em entrevista ao UOL.

Uma testemunha, que preferiu não se identificar, deu detalhes sobre a atuação do criminoso. “Eu tenho muito medo de morrer. Eu sou moradora de rua, sou usuária de crack. Eu tenho muito medo da disciplina da favela, que é o 'lorde das trevas'. Ele tem um cachorro.
Eu tenho medo do cachorro dele, é o Simba. Ele manda o cachorro atacar. O cachorro ataca as pessoas. Toda vez que o 'lorde' chega com o pitbull, é porque alguém vai morrer”, reportou o UOL.


Com informações do site: Uol