terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Pai é condenado após jogar bebê em rio por crer que filho ‘virou o diabo’


 
Foto / reprodução

Zak Bennett-Eko jogou o filho no rio Irwell.
Na Inglaterra , um homem de 23 anos foi condenado por um tribunal por ter jogado o filho de 11 meses em um rio. Zak Bennett-Eko acreditava que a criança “estava se transformando no diabo “. 

O crime aconteceu em 11 setembro de 2019 e o bebê morreu afogado no rio Irwell, em Radcliffe, na Grande Manchester.

Durante os julgamentos no tribunal de Nightingale, os jurados ouviram que Zak Bennett-Eko saiu para passear com o filho, que estava em um carrinho de bebê.

Em um determinado momento, o pai da criança começou a ter supostas alucinações e viu duas mulheres com “olhos de diabo” que queriam que ele afogasse o filho. O homem jogou o bebê no rio e, depois, foi até o pub Lock Keeper, onde foi preso.

A condenação deve sair apenas amanhã, mas, segundo a BBC, inclui homicídio culposo sob alegação de responsabilidade diminuída, porque Bennett-Eko sofria de esquizofrenia paranoica.

Três dias antes do crime, Zak tinha solicitado para ser internado no North Manchester General Hospital, mas desistiu antes que recebesse atendimento. De acordo com a BBC, ele foi diagnosticado, aos 17 anos, com psicose relacionada ao uso de cannabis.

Com informações do site tribunadecuiaba