terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Suspeito de matar e ocultar corpo de namorada é preso


 

Um homem de 34 anos, suspeito de matar e ocultar o corpo da ex-namorada, a modelo Lorrayne Damaris da Silva, foi preso na noite do último sábado (19/12). O crime aconteceu na Paraíba, mas Kennedy Ramon Alves Linhares, de 34 anos, foi detido na cidade Baiana de Eunápolis, no sul do Estado.
Ele foi preso por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que abordaram o veículo em que ele estava dirigindo, no Km 716 da BR-101. Ao realizar a consulta aos sistemas, foi identificado o mandado de prisão em seu desfavor, emitido pelo Poder Judiciário do Estado da Paraíba.  

CRIME

De acordo com o blog paraibano T5, Lorrayne desembarcou em João Pessoa, após vir de Brasília, no dia 12 de dezembro, para realizar um procedimento cirúrgico. A mãe de Lorrayne informou que ela havia mandado uma mensagem instantes após sair da aeronave. No conteúdo, a moça teria informado que iria dormir na capital paraibana e no dia seguinte viajaria para Campina Grande, no Agreste do estado.

O corpo da modelo foi encontrado às margens do Rio Paraíba, em um matagal. As investigações apontam que ela foi morta em um imóvel da família de Keneddy, na cidade de Lucena, por estrangulamento. Na delegacia, o suspeito confessou o crime e disse que os dois teriam indo para esta casa, após ele ter pego a ex-companheira no aeroporto.

Com informações do site: Fala Alagoinhas News