terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Briga entre homens termina com tentativa de homicídio


 
Foto: Reprodução

Na madrugada deste sábado (23), policiais militares foram acionados para verificar uma denúncia de tentativa de homicídio em Ponta Porã (MS). Conforme a comunicante, um desconhecido estaria nos fundos da residência com vários ferimentos pelo rosto aparentando sentir muita dor.

De acordo com informações policiais, o indivíduo, 28, relatou que teria sido vítima de sequestro, além disso, ele informou que teriam levado um veículo da marca Volvo, pertencente a uma locadora de veículos.

O autor, de 31 anos disse que estava fazendo uso drogas em companhia da esposa e do outro envolvido que mentiu aos policiais dizendo ter sido vítima de sequestro e, após um desentendimento entre ambos, tentou matar o envolvido de 28 anos, realizando dois disparos com a submetralhadora 9 mm. Entretanto, a submetralhadora apresentou pane e ambos entraram em vias de fato, instante em que o autor que portava a submetralhadora recebeu vários golpes de garrafa na cabeça. Após isso, ambos empreenderam fuga e um dos envolvidos se escondeu aos fundos da residência da solicitante.

Próximo ao local da ocorrência, os policiais receberam a informação de que havia uma motocicleta caída ao chão e, ao se aproximarem da motocicleta de origem estrangeira (marca Taiga), localizaram uma submetralhadora, calibre 9 milímetros, marca Luger, de fabricação argentina, com 20 munições intactas e duas deflagradas.

Durante o atendimento a ocorrência, outra equipe policial foi acionada para verificar um a situação de um indivíduo que havia acabado de dar entrada no Hospital Regional de Ponta Porã com vários ferimentos. 

Na primeira abordagem ao indivíduo, o mesmo mentiu o nome para os policiais, no entanto, após entrar em contradição, confessou a verdadeira identidade. Ele relatou que mentiu porque estaria cumprindo pena no regime semiaberto e confessou que estaria de posse da submetralhadora 9 mm.

Diante dos fatos, após receberem alta médica, ambos os envolvidos foram encaminhados ao Primeiro Distrito Policial aonde foram entregues juntamente com a motocicleta e a submetralhadora 9 milímetros apreendida.


Com informações do site: JD1 - Matheus Rondon