quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Duda Reis diz ter tido relação abusiva com Nego do Borel: "Xingamentos, adultérios e desrespeito"


 
Foto: Reprodução

Duda Reis, de 18 anos, usou seus stories do Instagram para se pronunciar sobre a relação que vivia com Nego do Borel, de quem se separou em dezembro. A atriz afirma que o relacionamento foi abusivo, já que ela seria vítima de xingamentos, adultérios  e outras formas de desrespeito. Procurado pela Quem, a assessoria do funkeiro disse que "Nego vai se pronunciar na hora certa".

O desabafo da atriz confirma as versões dadas por Simone e Luiz Fernando Barreiros, pais de Duda, desde que eles reataram o noivado, em abril do ano passado. Os ex-sogros do cantor afirmavam nas redes socias que a filha era maltratada, e chegaram até a falar em agressão, o que foi negado por Duda na época.

Mais cedo, um áudio de uma suposto adultério do cantor com a influenciadora Lisa Barcelos, que, até então, era amiga da atriz, foi divulgado pela colunista Fabia Oliveira, em que a jovem supostamente relata um encontro com Nego.
Após reagir à notícia, Duda resolveu expor os "abusos" do relacionamento.

"Você sai destruída de uma relação abusiva, fato. Às vezes só vai enxergar tempos e tempos depois. Como se não bastasse eu ter saído com diversas feridas e traumas por causa do bom samaritano de rede social, recebo agora mais baixaria no meu celular e vou começar a expor mesmo. E vou expor porque sei que é verdade. Porque essa menina é uma conhecida minha, temos várias amigas em comum e ela veio me contar hoje o que aconteceu. Nesse dia, fui passada a perna (pra variar) e o bonitão nas festinhas, comprometido e com várias mulheres", começa.

"E isso não é nem 1% do que eu tenho, muito menos do que vivi. Desculpa, a cara é de ranço mesmo, porque o ser tinha a cara de pau de chegar em casa e deitar comigo como se nada tivesse acontecido, e com cheiro de bebida. Passei muita coisa que vou poder testemunhar e usar de incentivo para vocês. Verbais, chantagens emocionais, sentia medo mesmo, medo pela minha vida e decidi botar a boca no trombone. Não dá pra ficar passando pano pra macho assim, porque a própria namorada será a próxima vítima e ponto final.
Eles não mudam e nunca vão mudar, só mudam de presa", afirma.



"Quem passa pano pra abusador é conivente, sim. Sinto muito, espero que não mexam comigo porque vou ter que dar um depoimento imenso do que eu passei em três anos e não conseguia sair de jeito nenhum por ter muito abuso. Sem contar os xingamentos, adultérios , desrespeito etc", detalha.

"Aliás, no dia que vou postar agora, estava com crise de pânico, passando muito mal porque eu sempre era deixada enquanto as festinhas rolavam e o ser cagava pra mim e desligava o telefone para eu não perguntar onde estava. Dizia que era coisa de maluco ter ansiedade, depressão e pânico (o que tenho), sendo que o maior causador de tudo em mim era o próprio. Então, aqui vai mais uma vocês: mulheres, saiam do que de adoecem! Não tenham medo! Talvez eu tenha vivido isso para passar pros meus seguidores e ser porta-voz de muitas mulheres. Eu sempre era taxada como louca pela pessoa, sendo que sempre fui a maior parceira da vida", relembra.

Duda, então, compartilhou as mensagens que recebeu pelo direct do Instagram. O texto diz o seguinte:

"Duda, lê isso urgentemente: Duda, nem sei se você vai ler isso, deve ter tantas mensagens aí e provavelmente essa daqui talvez passe batido... Ano passado eu fui convidada pra um churrasco e, quando cheguei, lá era uma confraternização dos jogadores do [clube ocultado por Duda na mensagem], onde não podia entrar com celular. Logo em seguida, Nego do Borel chegou e ficou lá até o final. Eu não bebo, portanto fiquei sóbria e vi tudo com meus próprios olhos o churrasco inteiro. Era numa casa num condomínio fechado na Barra [Zona Oeste do Rio de Janeiro]. Havia várias meninas bonitas (óbvio que chamaram), eu fiquei observando e fui capaz de ver cada coisa, infelizmente tinha que deixar o celular na porta, se não eu teria gravado tudo".



"Foi ficando mais tarde e a galera foi ficando bêbada. Nego, inclusive, que na minha frente mesmo deu em cima de várias meninas.
Eu ficava chocada, pois tinha visto postagem dele com você um dia antes! Só que teve uma hora que ele sumiu, e eu tava meio de saco cheio e entrei na casa. Galera [estava] toda doida e bêbada, e eu resolvi ir pro andar de cima tentando achar um canto 'sem gente' pra eu descansar um pouco. Subi as escadas, quando abri a porta de um dos quartos da casa (não tinham trancado), Nego estava transando com uma garota bebaça, mas eles estavam tão bêbados que nem viram que eu abri. Eu fechei a porta e segui pra outro cômodo ainda procurando um lugar, mas os quartos estavam todos trancados... [parte ocultada por Duda] (compromissados) transando com outras garotas nos quartos"

"Tive que ficar lá embaixo mesmo. Fiquei sentada num sofá que era de frente pra escada ouvindo as bobagens dos outros conversando e tentando papear também, mas é chato estar sóbria e papear com um monte de marmanjo e mina novinha tudo bêbado, mas fiquei lá... Depois de um tempão, Nego desceu as escadas voltando pra festa, arrumando a calça, com a camisa pendurada no ombro e rindo horrores, como se não tivesse feito nada além do comum. A garota desceu logo atrás arrumando o vestido também e toda descabelada com a maquiagem toda borrada... Eu fiquei chocada, mas não tenho lugar de fala, então fiquei na minha... Não comente com ele, como vários que são casados e fizeram isso no dia".

Duda, então, continua com seu desabafo. "E é isso. Estou fria, sim, mais apática pra ser honesta, porque só consigo sentir decepção. Hoje está sendo o auge. Porém, não se sujeitem a isso! Mulheres merecem muitas coisas lindas, ok? Menos do que isso, não precisamos. Pode me ameaçar, pode surtar, pode tentar ligar que não vai adiantar. Não vou mais fechar a boca e cair em nenhuma manipulação. E outra, as caridades já estão forçadas. Todos sabem que não é de coração e que você faz por likes, e eu sempre presenciei. Não existe verdade", diz ela, alfinetando o ex.

"Agora, ou a pessoa vai pras festinhas clandestinas (que sempre achei o auge, mas o ser ama) tocar o terror nas mulheres que se prestam a isso, ou vai tentar usar Deus nisso. É cíclico! Eu cansei, galera, e é iso. Essa é a nova Duda, estou na minha essência e não tenho mais medo de ninguém, não! Todo mundo não fala o que quer? Também falo. Vivi um relacionamento abusivo que me custa altas terapias e tratamentos para me curar, e hoje saí disso, graças a Deus", comemora.



COM INFORMAÇÕES DO SITE PORTAL  CBN