segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Maravilha-AL: mãe da criança diz que matou o 'demônio' e que filha está viva


 
Foto: Reprodução
Para tentar entender o que aconteceu e o motivo para utilizar uma tesoura para arrancar os olhos e um pedaço da língua da filha de cinco anos de idade, policiais civis da delegacia plantonista tentaram mais uma vez ouvir o depoimento de Josimare Gomes da Silva, 30 anos, que afirmou que matou o demônio e que sua filha está viva. 

Josimare que demonstra está com problemas psicóticos voltou a falar outras línguas e disse que não arrancou os olhos e nem tão pouco colocou o pedaço da língua na boca. “Isso é mentira, os olhos caíram no ralo depois que eu arranquei, mas foi do demônio, minha filha está viva.” Foram as únicas palavras ditas pela mulher. 

Em entrevista a uma emissora de rádio, a irmã da autora e tia da criança negou que ela tenha colocado os órgãos na boca, o que é contraditório a informação do pai e dos policiais que presenciaram a cena.
 

Josimare ainda está reclusa à disposição da justiça na Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), mas deve ser recambiada até o final do dia para uma outra unidade policial para que sua vida seja resguardada. 

A Assessoria do Ministério Público divulgou uma pequena nota em que diz: 

O promotor de Justiça, Kleytione Pereira Sousa, no momento, não tem como se pronunciar, pois, depende da finalização do trabalho da Policia Civil. Informou que aguarda a conclusão do flagrante pelo Delegado plantonista. E, tão somente, após a chegada dos autos e feita a análise poderá gravar o vídeo ou emitir uma nota por meio da assessoria, para informar a mídia e a população com mais precisão sobre a atuação.

Com informações do site: italotimoteo