domingo, 31 de janeiro de 2021

Menina de 13 anos morre após beber refrigerante e motivo deixa a família arrasada


 
Foto: Reprodução
Uma menina de apenas 13 anos morreu após beber refrigerante e o caso vem ganhando repercussão internacional, pois de acordo com os investigadores na bebida foi encontrada uma quantidade enorme de MDMA , a metilenodioximetanfetamina, que é conhecida popularmente como ecstasy.

Essa substância estava misturada com o refrigerante e acabou causando a morte da adolescente. Uma curiosidade é que a menina morreu em dezembro de 2018, mas na época nada ficou esclarecido.
 
A família mora em Bootle, na Inglaterra, e após o ocorrido as autoridades começaram a investigar o caso, sendo que só agora conseguiram concluir o inquérito, conforme informou o portal UOL.

Em Bootle, o Tribunal de Justiça chegou à conclusão depois de dois anos que Eboney Cheshire ingeriu a bebida e logo em seguida sofreu uma convulsão, sendo que o motivo seria a grande quantidade de MDMA, mas a família da vítima não aceita que o caso chegue ao fim com essa descoberta, pois quer que alguém seja responsabilizado e pague pelo que fez.

A legista Julie Goulding disse que a conclusão é de que a menina morreu devido à droga. Apesar do inquérito ter sido concluído pela polícia, até o momento ninguém foi preso. Julie alega que a maior evidência é que a própria Eboney colocou ecstasy no refrigerante e em seguida ingeriu a bebida.

Kery Williams, avô da menina, contou que segundo um vizinho, sua neta estava com outra adolescente quando morreu. Para a legista, se surgirem novas evidências, o caso volta a ser investigado, do contrário, está encerrado.

Com informações do site: i7news