terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Suspeito de estupro é golpeado a facão, tem corpo amarrado em poste e queimado vivo


 
Foto: Reprodução
Um homem suspeito de abusar de mulheres em situação de rua, em Belo Horizonte (MG), foi assassinado e teve o corpo incendiado no viaduto Senagal, no bairro de Lagoinha. 
De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o homem tinha aproximadamente 35 anos, e seria conhecido pelo apelido de “Copasa”.

Moradores de rua contaram a polícia que “Copasa” estuprava mulheres. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a vítima foi encontrada, nesta segunda-feira (11), ainda em chamas, sentada e amarrada com cordas e arames em um poste da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

Peritos detectaram que ele tinha lesões no crânio provocadas, provavelmente, por facão e pauladas. Segundo o jornal O Tempo, moradores de rua disseram a militares que o homem tinha “o hábito de estuprar mulheres em situação de rua”, conforme o registro policial. Policiais fizeram rastreamento na região, mas nenhum suspeito foi identificado ou localizado.

Com informações do site: Portal Tailândia