terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Xuxa faz homenagem para Ayrton Senna e é criticada na web


 
Foto: Reprodução

Xuxa e Ayrton Senna iniciaram um romance em 1987 Foto:Marcello Sá Barreto/Brazil News e Gety Images

Xuxa Meneghel fui duramente criticada na web ao prestar uma homenagem a Ayrton Senna, na última quarta-feira (1º), data que relembrava os 25 anos de morte do piloto.

Em São Paulo (SP) aconteceu o Senna Day Festival, evento que homenageou o piloto. Xuxa, que estava presente com outros famosos, fez um discurso para relembrar o ex-namorado.

“Ele empurrava todo mundo na piscina. Não importava se ia pra uma festa. Senna era muito criança. Era brincalhão, uma pessoa incrível. Ele não tinha medo de fazer nada, amava muito a família dele. Tinha um jeito de falar com Deus toda noite”, disse a apresentadora na ocasião.

Na web, ela publicou uma foto do evento. No entanto, não faltaram críticas dos internautas, que ressaltaram que quem deveria estar no lugar da loira era Adriane Galisteu.

“O Senna era da Adriane”, “Deveriam reparar a exclusão da Galisteu”, “Formaram um bonito casal, mas quando ele morreu , ele estava envolvido cm outra pessoa que ninguém respeita”, “Não era a namorada dele na época, o amor dele era Galisteu”, foram alguns dos comentários.



Adriane Galisteu e Ayrton Senna iniciaram um namoro de um ano e meio em 1992. O piloto morreu durante uma corrida de Fórmula 1, quando sofreu um acidente.


Xuxa abre e fecha evento em homenagem aos 25 anos da morte de Ayrton Senna

Em Interlagos, apresentadora lembrou o legado deixado pelo tricampeão


Xuxa Meneghel, 56 anos, foi escolhida para abrir e fechar a homenagem a Ayrton Senna no 25º aniversário de sua morte, ontem. O evento aconteceu no autódromo de Interlagos. “Neste momento do país, em que tantas coisas erradas estão acontecendo, faz falta um ídolo como ele”, afirmou a apresentadora, diante da família do piloto e do governador de São Paulo, João Doria, e sua mulher, Bia Doria.

E A VIÚVA OFICIAL




Enquanto isso, Adriane Galisteu, namorada de Senna quando ele morreu, disse ao GShow: “A única coisa que não ninguém vai me tirar é a nossa história”.  A apresentadora contou que ainda guarda um pijama, uma camiseta, uma escova de dentes e um relógio do tricampeão mundial.

Com informações do site: Folha F7