segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Casal confessa ter matado funileiro e ateado fogo na casa da vítima


 
Foto: Reprodução
Casal foi preso hoje após confessar ter matado e roubado o funileiro Carlos Panisa Dutra, 57 anos, em crime ocorrido ontem em Ribas do Rio Pardo, a 103 quilômetros de Campo Grande. Após o crime, eles atearam fogo na casa.

A polícia chegou até eles após várias denúncias anônimas, indicando que duas pessoas foram vistas saindo da casa e levando vários objetos.

A Polícia Civil não forneceu os nomes completos deles, sendo identificados como Wanderson, 21 anos e Ana Cláudia, 25 anos. Os dois foram presos na madrugada de hoje pela equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais).

Segundo informações da polícia, o casal resolveu invadir a casa na rua João Fontebassi, no Parque Estoril, achando que não havia ninguém no local.

 O funileiro surpreendeu os dois, segundo o casal, reagiu e tentou atacá-los. Na briga, o casal se utilizou de facas para atingir o homem, que morreu no local.

Na sequência, Wanderson e Ana Cláudia roubaram vários objetos:   televisão, ventilador, máquina de lavar, mala com roupas e caixa de ferramentas. Para apagar vestígios, resolveram atear fogo na casa.

Após as denúncias anônimas, a equipe inicou a investigação, chegando até os dois. Com eles, foi encontrada a mala de roupa da vítima.

Interrogados em separado, eles confessaram o crime, alegando que estavam bêbados. O casal indicou à polícia onde havia escondido os outros objetos roubados. 

Com informações do site: Campo Grande News