terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Conheça o talco caseiro para eliminar o chulé com apenas 3 ingredientes


 
Foto: Reprodução
Transpirar é um processo normal e essencial para equilibrar a temperatura dos pés. E, para isso, existem ali glândulas específicas que são as responsáveis pela produção do suor.

Esse líquido é composto de 99% de água e 1% de sais minerais, por isso, não tem cheiro.

Nossos pés, porém, abrigam bactérias que se alimentam de restos de pele morta. Com isso, o suor e a renovação da pele deixam essas bactérias bem “nutridas”.

Após se alimentarem, elas liberam gases como o ácido isovalérico e metanotiol, que acabam causando o mau cheiro.

Além disso, a meia e o calçado não permitem a ventilação nos pés, intensificando ainda mais o odor.

Além de intensificar a higiene dos pés, você pode aproveitar as propriedades deste talco caseiro para eliminar o chulé.

Talco caseiro
Além de absorver o suor e a umidade, este talco caseiro mantém os pés frescos e secos, evitando o mau cheiro.

Ingredientes:

2 colheres (sopa) de amido de milho
3 colheres (sopa) de bicarbonato de sódio
5 gotas de óleo essencial de hortelã
1 frasco – pode ser de talco que já acabou
Como fazer:

Coloque o amido de milho em um recipiente de vidro, acrescente o bicarbonato de sódio e misture bem.

Em seguida, adicione o óleo essencial de hortelã – se você quiser colocar mais que cinco gotas, fica a seu gosto, porém não coloque muito para não deixar o talco muito úmido.

Misture novamente junto com o amido de milho e o bicarbonato e transfira para o frasco.

Depois é só aplicar o talco dentro dos calçados e deixar agir durante a noite toda.

Na manhã seguinte, retire o excesso e calce seu tênis/sapato.

Se você tiver a pele muito sensível, não é necessário colocar o bicarbonato.

Porém caso queira usá-lo, sempre calce uma meia e retire o excesso de talco de dentro do calçado.

Amido de milho
O amido de milho (maisena) não é uma substância tóxica, combate o suor excessivo e evita a proliferação das bactérias que causam o mau cheiro.

Além disso, alivia o pé de atleta, causado geralmente por fungos entre os dedos.

Bicarbonato de sódio
O bicarbonato absorve a umidade e age como antifúngico, evitando a proliferação dos fungos nos pés.

Ele também pode ser usado como desodorante natural para os pés.

Óleo essencial de hortelã
O óleo essencial de hortelã tem ação antisséptica e antimicrobiana, agindo contra os fungos e bactérias.

Além disso, ele proporciona um aroma agradável para os pés, juntamente com a sensação de frescor e limpeza.

Além de utilizar este talco, para evitar o mau cheiro nos pés, mantenha os seguintes cuidados:

Evite usar o mesmo calçado por dias seguidos
Lave as meias após cada uso
Mantenha os calçados em um local ventilado
 Seque bem os pés após o banho, afinal, as bactérias amam uma área úmida