sábado, 13 de fevereiro de 2021

MISTÉRIO EM MORTE DE MÃE E FILHO EM APARTAMENTO TRANCADO


 
Foto: Reprodução
Familiares da mãe e filho que foram encontrados mortos em condomínio no Jardim das Margaridas, em Salvador, disseram que enviaram mensagens para o celular da vítima e foram respondidos. A suspeita é de que o autor do crime tenha usado o aparelho da mulher para enganar a família, de acordo com o delegado que está investigando o caso.

Segundo os familiares, eles enviaram as mensagens porque desconfiaram, já que faziam alguns dias que não viam a mulher e a criança.

Além do celular estar supostamente com o autor do crime, o carro da vítima também não estava no condomínio onde ela morava. No entanto, ainda não há informações sobre autoria e motivação.

As vítimas foram identificadas pela Polícia Civil como Valdice Maria Cabral da Silva, de 47 anos, e o filho, Gabriel Cabral da Silva, de 5. Elas foram encontradas em um cômodo do apartamento, na noite de quinta-feira (11), em estado de decomposição avançada.

Caso

Em nota, a Polícia Militar (PM) informou que por volta das 22h30, uma guarnição da 49ª CIPM foi acionada, após informações de dois corpos no local. Após confirmar a veracidade do fato, a guarnição isolou a área e acionou a perícia.

Moradores do local contaram que estavam sentindo falta das duas vítimas, que estavam sem aparecer desde segunda-feira (8). Ainda segundo os moradores, o ex-marido da mulher, e pai da criança, foi ao local com a polícia, arrombou a porta do apartamento e encontrou os corpos.

A Polícia Civil informou que familiares foram ouvidos e imagens de câmeras de segurança estão sendo coletadas para auxiliar nas apurações. Ainda segundo a polícia, laudos do Instituto Médico Legal (IML) irão esclarecer as causas das mortes e devem sair em dez dias. 

Com informações do site: G1