segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Sem braços e pernas, pai abandonado pela esposa cria duas filhas sozinho: ‘Nunca o vi triste’


 
Foto: Reprodução
Diante de muitas histórias de abandono de filhos devido às dificuldades financeiras, a história do paraguaio Pablo Acuña inspira pela grande superação. O caso ganhou repercussão e emocionou internautas após ser replicado pelo Portal R7. Mesmo sem pernas e braços, Pablo, que foi abandonado pela esposa, superou suas limitações para criar suas duas filhas.

A mãe das meninas deixou a casa da família quando a filha mais nova tinha apenas meses de vida. Mesmo diante do abandono, Acuña uniu forças para não deixar faltar nada às filhas, que hoje veem o pai com imenso orgulho. Elida, filha mais nova do paraguaio contou que largou sua vida no país onde morava para cuidar do pai.

Hoje, aos 26 anos, a jovem não relutou em amparar o pai já que a avó, que também ajudou a cria-la, não está bem de saúde devido à avançada idade. Elida rendeu elogios A Pablo e afirmou que ele seria seu maior confidente devido aos conselhos e sabedoria. A jovem contou, ainda, que o pai não pode se locomover sozinho que se adapta da melhor forma para realizar atividades diárias.

“Nunca o vi triste. Ele está sempre alegre e me dá conselhos muito sábios, embora nunca tenha ido à escola. Ele é uma pessoa muito inteligente, eu o admiro. Ele é o melhor pai do mundo”, disse Elida narrando as qualidades do pai. Pablo teria nascido sem os braços e as pernas devido à um problema na gestação da mãe.


A filha do paraguaio revelou que um dos maiores sonhos do pai era conquistar sua casa própria. Segundo a jovem, a família já teria algumas economias para conquistar o sonho, porém, ainda faltava um valor considerável. A emocionante história emocionou internautas após ser compartilhada pelo Portal R7. “Sem palavras, me emocionei”, disse uma internauta. “Deus abençoe a família”, completou outra.


Com informações do site: Portal R7