segunda-feira, 15 de março de 2021

Adolescente frauda auxílio emergencial e agride mãe ao ser questionada


 

Foto: Reprodução
Policiais civis da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho 2) deflagraram, nesta terça-feira (9/3), a operação Hela e apreenderam uma adolescente de 16 anos acusada de agredir a própria mãe. Segundo as investigações, a menor partiu para cima da mulher após ser questionada sobre uma suposta fraude no auxílio emergencial — benefício concedido pelo governo federal aos trabalhadores de baixa renda ou informais.

De acordo com a apuração policial, a mãe desconfiou que a filha estaria apropriando-se do dinheiro do fundo emergencial, que seria destinado a uma vizinha e aos avós da menor. Aos policiais, ela informou que a suspeita teria cadastrado de maneira ilegal os dados das vítimas no aplicativo de celular para o recebimento do benefício. A adolescente, inclusive, chegou a efetuar diversas compras com o dinheiro.

As agressões começaram após a mulher questioná-la e pedir para olhar o celular da menina. Nervosa, a adolescente partiu para cima da mãe e desferiu tapas no rosto, murros nos braços e puxões de cabelo. Ela chegou, ainda, a agarrar a vítima pelo pescoço e lhe empurrou contra a parede, a enforcando. Os ataques só foram interrompidos com a chegada de um vizinho na residência, que conseguiu controlar a situação.

A mãe correu e procurou a 35ª DP. Os agentes apreenderam a menina por violência doméstica e a conduziram à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). As investigações seguem no sentido de apurar se a menor cometeu crimes de fraude. Na mitologia nórdica, "Hela" é a filha de Loki, o deus da trapaça.

Com informações do site: Correio Braziliense