quinta-feira, 25 de março de 2021

Cadeirante atira contra PM, sofre infarto e morre na rua com R$ 10 mil no “bolso”; assista vídeo


 
Foto: Reprodução

O cadeirante sofreu parada cardíaca após efetuar um dos disparos no meio da rua.

Um cadeirante, ainda não identificado, sofreu uma parada cardíaca e morreu no meio da rua na tarde desta terça-feira (23), em Barão de Melgaço (109 km da Capital), enquanto atirava contra policiais militares em via pública.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro ao cadeirante, mas quando os paramédicos chegaram apenas constataram a morte do acusado.

Os militares isolaram o local e comunicaram o fato à Delegacia de Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

De acordo com as primeiras informações, a Polícia Militar foi acionada para conter o cadeirante que estava armado e atirando em via pública.

Uma guarnição se dirigiu ao local, onde flagraram o acusado armado. Porém, ao perceber a proximidade da viatura, o homem começou a atirar contra o veículo.

Os militares procuraram abrigo para se protegerem dos tiros e tentaram conversar com o acusado, mas este continuava a atirar.

Em determinado momento, o cadeirante começou a passar mal e caiu inconsciente.

Em poder do acusado foram apreendidos R$ 10 mil e uma pistola calibre .380.

Após o trabalho de investigação técnica, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia que deve confirmar a causa da morte.

Ainda não há informações sobre o que teria motivado o cadeirante a efetuar tiros no meio da rua e a procedência do dinheiro apreendido.

A ocorrência segue sob investigação.

Populares registraram o momento em que o cadeirante atirava na rua enquanto era cercado pelos militares. O acusado se movimentava na cadeira de rodas, desferiu três tiros e quando chegou ao meio da rua sofreu o ataque e desfaleceu.

Veja o vídeo




Com informações do site: atualmt