domingo, 21 de março de 2021

Cansou de ver série e dormir? 15 ideias para driblar a solidão em casa


 
Foto: Reprodução
Foi em 2021 que os brasileiros apostaram todas as suas fichas. Após um ano difícil como o último, a chegada da vacina, em janeiro, veio como um sopro de esperança de dias melhores. No entanto, a pandemia ainda não deixou de ser o assunto central nos debates. Os índices de contaminação atingiram níveis mais altos do que no ano anterior e foi preciso, mais uma vez, colocar como prioridade máxima fica Foi em 2021 que os brasileiros apostaram todas as suas fichas. Após um ano difícil como o último, a chegada da vacina, em janeiro, veio com r em casa.

Podemos dizer que estamos realmente fartos dos dias de isolamento, mas a boa notícia é que provamos que, se tem algo que o brasileiro sabe fazer, é usar a criatividade.

Cuidar da saúde mental deve ser uma das prioridades neste momento, e encontrar atividades divertidas para fazer em casa é o primeiro passo para encarar mais um ano com distanciamento social de maneira saudável — na medida do possível.

1. Organize uma noite de jogos
Preparar uma noite de jogos é uma maneira infalível de manter toda a família ou seu grupo de amigos entretidos neste fim de semana. Além das boas e velhas opções nativas do universo virtual e alternativas como jogos de tabuleiro que migraram para versões on-line, você pode inventar outros tipos de entretenimento. Aqui estão algumas dicas para montar uma noite para ninguém botar defeito.

Escolha alguém como “anfitrião do happy hour” e peça que ele dê uma aula sobre como montar um drinque especial ao vivo
Eleja os “mestres dos jogos de bebida” e peça-lhes para orquestrar algumas alternativas de drinking games
Lembre-se do bom e velho jogo de adivinhação, ou de mímica virtual
Descubra quem seria um campeão em campeonatos de dublagens de músicas, clipes ou filmes
Peça aos convidados que enviem um fato surpreendente sobre si mesmos com antecedência e veja quem consegue adivinhar qual fato está relacionado a, qual pessoa no Zoom
Jogue um bom e velho bingo. Peça a todos que simulem seu próprio cartão de bingo com base em um modelo do Google.

2. Monte seu bar em casa
Com os bares fechados, muita gente tem descoberto o prazer de preparar bons drinques em casa e apreciá-los no conforto do próprio sofá. Não à toa, adegas e minibares ganham cada vez mais espaço em projetos de decoração. A boa notícia é que montar um bar para chamar de seu não exige expertise no assunto. Basta um pouco de criatividade e planejamento. Confira o passo a passo na matéria.

3. Prepare um banho relaxante
Nós já sabemos que o home office pode ser tão, ou até mais estressante, que os dias de trabalho no escritório. Para aliviar as tensões do cotidiano, que tal tirar um tempo para preparar um SPA em casa? Nas redes sociais, não faltam tutoriais sobre como se mimar, com direito a aromas e óleos essenciais, velas charmosas, músicas relaxantes e bolhas de espuma — para os que podem esbanjar.

4. Reorganize a casa
Não é exagero dizer que nunca passamos tanto tempo dentro do lar.
E, verdade seja dita, é bem possível que você tenha enjoado da mesma organização dos móveis ou dos elementos decorativos. Uma das diversas formas de ocupar o tempo no isolamento social é dar uma cara nova aos ambientes da casa, trocando alguns móveis e plantas de lugar.

A prática, que deve te fazer suar a camisa — e até perder algumas calorias — pode trazer a sensação de uma casa novinha em folha, sem gastar um centavo.

5. Experimente fazer macramê
A padronagem, com um toque boho chic, bombou nos anos 1970 está voltando com tudo, em uma versão renovada. Se, pelas praias não faltavam colares de miçangas coloridas no pescoço das fashionistas, aprenda a fazer os seus próprios acessórios com frases divertidas, peças coloridas e nós inusitados.

O nó de macramê não é apenas um projeto realmente divertido, mas também tem aparecido fortemente em nossos feeds do Instagram como uma decoração de interiores artística e boêmia. Basta pedir on-line um kit com todas as ferramentas e ele certamente te manterá entretido por horas.

6. Dê um upgrade em sua função “mãe ou pai de planta”
Quem já cuidou de uma planta em casa sabe que os altos e baixos de cultivar podem ser muito gratificantes, porém, igualmente estressantes. Cada tipo de vegetação tem sua particularidade e, sinais sutis, como uma folha amarelada ou murcha, podem fazer o processo parecer ser derivado de uma espécie de ciência muito complexa.

Contudo, alguns truques caseiros podem ser a solução dos seus problemas. O Metrópoles fez uma seleção de dicas simples, que não pesam no bolso, para ajudar os atuais e futuros pais de planta.

7. Aprenda a fazer caligrafia, o chamado lettering
Lembra-se daquelas letras lindas, dignas de convites de casamento? Ou quadrinhos minimalistas, cheios de charme com frases de impacto? Você pode aprender a fazê-los em casa. Os benefícios terapêuticos da caligrafia são inúmeros, e não faltam tutoriais na Internet para te ensinar a arte de falar pouco, mas escrever bonito.

8. Estabeleça metas positivas para te motivar
Viajar para o exterior, começar uma pós-graduação, passar em um concurso, aprender um novo idioma. Todo fim de ano, bilhões de pessoas em todo o mundo traçam metas para os próximos meses que virão. Muito provavelmente, a listinha que você fez no final de 2019 sentirá falta de alguns “checks” devido à pandemia de coronavírus.

Agora, prestes a começar um novo ciclo, é prudente, do ponto de vista da saúde mental, fazer planos para 2021? Para o psiquiatra, especialista em terapia interpessoal e professor da UnB Luan Diego Marques, a resposta é sim.
Veja todas as dicas do especialista para renovar as esperanças e energias na matéria.

9. Organize e monte suas playlists
Não importa a maneira que você escuta músicas — nos próprios reprodutores do computador ou em aplicativos de streaming — só quem conhece o poder das melodias sabe quem elas podem dar o tom perfeito dependendo de cada temperamento. Prepare a sua própria trilha sonora, seja para fazer uma bela faxina, aprender a fazer um quadradinho ou curtir a fossa, já que ninguém é obrigado a ser feliz o tempo inteiro.

10. Crie uma rotina com hábitos saudáveis
Não, não estamos falando apenas de acordar cedo para trabalhar, ter coragem de tirar o pijama e tomar banho diariamente. Tente tornar os dias de isolamento mais positivos. Para isso, confira algumas dicas oferecidas pela conselheira de saúde emocional Roxie Nafousi, publicadas na Glamour britânica.

Se você estiver se sentindo um pouco esgotado, emocionalmente destruído ou sofrendo de ansiedade, ajuste seus objetivos para honrar isso; estabeleça metas pequenas e alcançáveis, como sair para caminhar, arrumar o quarto, arranjar tempo para ligar para o seu melhor amigo ou até mesmo reservar 5 minutos para meditar ou respirar com atenção.
Alternativamente, se você acordar cheio de energia e sentindo-se motivado e fortalecido, honre esse sentimento e estabeleça uma meta que esteja alinhada com a sua motivação interior. Conclua uma tarefa mais desafiadora; ir correr; iniciar esse novo projeto.
“As metas devem estar presentes para nos ajudar a nos dar orientação, motivação e estrutura, mas não devem ser opressoras ou colocar uma quantidade adicional de pressão sobre nós. Portanto, para ter certeza de que está obtendo o máximo de sua definição de metas, simplesmente certifique-se de que suas metas estejam alinhadas com o ponto em que você está energética, emocional e fisicamente” ensinou a profissional.
11. Dê play naquele podcast que você que nunca teve tempo de ouvir
Quando a maior parte do dia, seja para trabalhar ou para conviver socialmente com amigos e família, é feito a partir de telas, não há saúde mental que aguente. Uma boa alternativa para descansar “a vista” e a mente, os podcasts estão aí, para todos os gostos — desde informativos, históricos, analíticos e até com uma dose de boas risadas.

Essa é a oportunidade perfeita para você dar uma chance para aquele podcast que nunca ouviu. E você pode fazer isso enquanto arruma o guarda-roupa, troca os móveis de lugar, cuida do jardim, cozinha…

12. Arrume o armário e separe peças para doação
As pequenas mudanças na maneira de organizar seu guarda-roupa podem influenciar na visibilidade dos looks, deixando a rotina mais fácil e prática. É possível que você tenha esquecido da existência de várias peças e sapatos, inclusive algumas que eram suas favoritas, e as combinações irão se multiplicar.

13. Customize as suas roupas
É bem provável que as únicas roupas que estejam saindo do seu armário durante esses dias sejam os pijamas, ou looks confortáveis para trabalhar. Mas como voltaremos a sair um dia, e até para economizar uma graninha porque nunca se sabe o dia de amanhã, customizar as peças de roupa que você tem em casa e não usa mais podem ocupar seu tempo, estimular a criatividade e te dar opções completamente novas para desfilar quando tudo isso passar.

14. Crie uma lista de viagem
A maior parte das alternativas de turismo pode não ser segura no momento, porém, isso não te impede de sonhar onde você gostaria de estar quando tudo isso acabar. O segredo para uma viagem inesquecível é investir em um bom planejamento — e com antecedência, seu bolso agradece.

Por que não criar listas com todos os lugares que você deseja viajar ao redor do mundo, as cachoeiras mais atraentes, pontos turísticos ou caminhadas que certamente vão definir seus próximos roteiros.

15. Dê uma chance para aquele livro que nunca saiu da prateleira
Se você ainda não fez isso, é hora de se juntar aos milhares de brasileiros que se entregaram ao poder da literatura. Os livros são poderosos aliados da saúde mental e felicidade, já que mesmo em tempos de pandemia ajudam a avaliar novas perspectivas, o que traz a sensação de tranquilidade e alívio a partir de outros personagens e suas narrativas.

Com informações do site: metropoles