segunda-feira, 15 de março de 2021

Com a cabeça em chamas, homem diz que queria “matar” Covid-19


 
Foto: Reprodução
Um homem, identificado como Antônio Nonato Soares da Silva, foi internado em um hospital de União, cidade localizada no Norte do Piauí, com 30% do corpo queimado na última quarta-feira (10/03). Embriagado, ele teria ateado fogo na própria cabeça para “matar” o coronavírus.


 
Os populares que estavam no local filmaram a ação e compartilharam o vídeo nas redes sociais. As testemunhas informaram que a vítima, de 37 anos, passou álcool em gel nas mãos e no cabelo, e em seguida acendeu um isqueiro e o aproximou da cabeça.

Rapidamente o fogo tomou conta do cabelo e rosto do homem, que tentou apagar as chamas com as mãos, mas sem êxito. A cena ocorreu em um posto de combustível, e um frentista do estabelecimento ajudou a apagar o fogo usando um extintor de incêndio.

De acordo com a esposa, Fátima Lira, ele tem um histórico de se ferir quando está embriagado, se queimando com cigarro, por exemplo, além de ser alcoólatra e possuir transtornos mentais. Ela também afirmou não saber como aconteceu o acidente.

Antônio foi levado para o Hospital Municipal Doutor José da Rocha Furtado, onde foi atendido e permanece internado. A unidade de saúde informou que o paciente sofreu queimaduras de 1° e 2° grau em 30% do corpo e que ele diz não se lembrar do que aconteceu.



Com informações do site: Br104