terça-feira, 2 de março de 2021

Ex-policial militar é preso em flagrante após estuprar mulher


 
Foto: Reprodução
Um ex-policial militar foi preso em flagrante nesta sexta-feira (26) por estuprar uma mulher. O crime aconteceu na quinta-feira (25) em uma clínica de oftalmologia de Ariquemes (RO). Segundo o boletim de ocorrência, a vítima trabalha no local em que foi violentada.

Ela diz que chegou para o expediente e foi até uma área do prédio para trocar de roupa e vestir o uniforme de serviço. Minutos depois foi surpreendida por um homem estranho. Ele pegou o celular da vítima e a ameaçou para que ela não gritasse por socorro.

Após o estupro, segundo o boletim de ocorrência, o homem fugiu do local. Imagens de uma câmera de segurança captaram o momento que o suspeito invade o local.

A partir da denúncia começaram as investigações. O homem foi identificado como um ex-PM, expulso da corporação por “não ter conduta compatível com os valores da polícia militar”.

Os agentes foram até a residência do suspeito, onde encontraram as roupas usadas no momento do crime escondidas debaixo do guarda-roupas. A polícia diz que o homem assumiu o crime. Então foi dada voz de prisão por estupro consumado.

Na delegacia, a vítima reconheceu o autor do crime. Além de todas as provas, a perícia técnica informou ainda que encontrou no local do crime material genético (sêmen) e digitais do ex-policial.

O que diz a Polícia Militar?
Em nota a corporação informou que o homem preso, nesta sexta-feira (26) suspeito do crime de estupro, não pertence mais ao efetivo da Polícia Militar de Rondônia (PM-RO).

“Trata-se na verdade de um cidadão que foi EXCLUÍDO dos quadros da PM-RO, por não ter conduta compatível com os valores da PM.
Todos os policiais militares aplicaram imediatamente os rigores da lei e efetivaram a prisão em flagrante do indivíduo, reforçando o sentimento coletivo da tropa e do Comando de não compactuar com quaisquer tipos de crimes, especialmente aqueles que tenham tal nível de repugnância”, consta no comunicado oficial do 7º Batalhão da Polícia Militar de Rondônia (7º BPM).

Com informações do site: G1