quinta-feira, 11 de março de 2021

Homem arma emboscada para militar 2 anos após ser preso por ele


 
Foto: Reprodução
Uma sequência de absurdos que ilustram a falta de respeito pela lei e autoridades. Esse é o resumo de um caso registrado em uma pequena cidade do interior mineiro. 

Um homem de 39 anos armou uma emboscada e espancou um militar que se exercitava em uma pista perto do parque de exposições do município. O autor tinha prometido se vingar do agente há quase dois anos, quando foi preso por ele após agredir duas mulheres.

As agressões ocorreram em Tapira, município do Alto Paranaíba com 4 mil habitantes, a 50 km de Araxá e 180 km de Uberaba. Em setembro de 2019, o homem foi detido por agressão contra duas mulheres: a própria esposa e uma funcionária. A PM foi acionada pela trabalhadora, que relatou ter flagrado a empregadora – e esposa do autor – ter sido agredida e ameaçada de morte por ele.

Após ouvir uma conversa entre as duas mulheres, o homem ainda partiu pra cima da funcionária, segundo relato da própria. A mulher, que tinha 21 anos à época, disse ter levado socos e ter sido jogada contra um banco de madeira. Antes, o homem teria empurrado e segurado a esposa pelo pescoço, dizendo que a mataria em uma próxima oportunidade.

Briga com PM
Assim que os militares chegaram à residência, no Centro da cidade, foram recebidos com agressividade pelo homem.
“O que vocês estão fazendo aqui? Só saio daqui morto”, teria dito o homem. Após conversas exaltadas, um cabo da PM começou a ser agredido pelo homem, sempre conforme o registro policial. Os dois, então, passaram a trocar socos e a briga só foi interrompida quando um outro militar conseguiu render o autor.

Já no hospital, o homem partiu pra cima do cabo com quem trocou socos e o ameaçou. “Isso não vai ficar assim, você vai pagar caro pelo que me fez”, afirmou. Ele ainda teria xingado o policial e se jogado no chão do hospital.


Com informações do site: bhaz