terça-feira, 23 de março de 2021

Mulher é morta a facadas por ex-companheiro e vizinhos revelam detalhes


 
Foto: Reprodução
A jovem Lígia Calixto Monteiro, de 22 anos, foi morta a facada no domingo (21) em Itaquaquecetuba, na Região Metropolitana de São Paulo. De acordo com a polícia, o suspeito do crime é Michel Junior Ferreira Alves, de 30 anos, ex-companheiro da vítima, que fugiu.

As informações são do R7.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos. Lígia morreu no local.

Conforme o boletim de ocorrência do caso, uma testemunha relatou ter ouvido gritos da casa da vítima e, ao se aproximar da residência, viu Lígia sendo atacada.

Segundo os vizinhos, Michel teria chegado na casa da vítima, com o filho do casal no colo, e a chamado no portão.
Ao atendê-lo, Lígia foi golpeada.

Um vizinho tentou ajudar a vítima, pegou a criança de Michel e o empurrou.

Na sequência, o homem tentou agredir o vizinho, que conseguiu escapar. Depois, Michel teria retornado para a garagem da casa de Lígia e continuou golpeando a vítima. Após o crime, o homem fugiu.

O caso foi registrado como feminicídio na Delegacia de Itaquaquecetuba.