quinta-feira, 18 de março de 2021

Pais denunciam à PCDF vídeos que estimulam crianças a “adorar satanás”


 
Foto: Reprodução
Vídeos que circulam nas redes sociais de famílias brasilienses são monitorados pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). As imagens trazem um homem que utiliza filtros simulando a personagem Elsa, do desenho animado Frozen, da Walt Disney. Seria um conteúdo infantil, não fosse a mensagem que o autor traz. Entre outras orientações, a heroína deturpada sugere que as crianças “adorem satanás”.

A gravação, feita por meio do aplicativo TikTok e compartilhado por um youtuber de São Paulo no Instgram, beira a prática de crime, segundo investigadores da Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC). Usando linguagem infantil e voz anasalada, o autor do vídeo leva poucos segundos para passar a mensagem. “Oi, crianças! Sou eu a Elsa e hoje vou ensinar a vocês a fazerem uma arte muito bonita na casa de vocês. Vamos aprender?”, diz o homem.

Na mesma gravação, a “Elsa desvirtuada” continua. “Para isso, vamos precisar de canetinha e molho de tomate. Com a canetinha, vocês vão desenhar várias estrelas como essas (pentagramas que simbolizam a marca da besta) nas paredes da casa de vocês. Vocês puderam perceber que a pontinha tá virada pra baixo? E com o molho de tomate vocês vão contornar o desenho. Se alguém perguntar por que vocês fizeram isso, vão responder: ‘pela glória de Satã, é claro!”, diz.

Com informações do site: timesbrasilia